Ao contrário do que foi amplamente divulgado aqui no Maranhão, o governador Flávio Dino não foi o primeiro a defender o apoio ao nome de Ciro Gomes como o candidato das esquerdas em razão da impossibilidade de Lula. O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), autor da ideia, participa hoje de um encontro de governadores petistas, em Belo Horizonte, para discutir o assunto. Dias na foto abaixo com Dino.

O governador mineiro, Fernando Pimentel (PT) comandará a reunião. Porém, a direção nacional do partido deve defender a candidatura de Lula, mesmo na prisão, e que se for permitido, o registro e a troca por um outro nome do partido para ganhar a eleição.

Uma das estratégias do petistas históricos seria colocar um candidato que possa, na última hora, entrar na disputa com o nome Lula.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.