Capelão do Corpo de Bombeiros, pastor José de Jesus Leitão Marreiros, é o dono do rebanho do Ministério Apostólico Ágape para as Nações, e passou a ganhar R$ 12.863,00 na nova função, um dinheiro nada desprezível para pouca atividade.

Marreiros, além de levar o evangelho aos que estão ardendo aqui no fogo de inferno terrestre, tem tido o trabalho de pastorear votos ao seu patrão, o governador Flávio Dino, desde que virou capelão, tem uns seis meses, cargo conseguido pelo pastor Porto, aquele que foi vice de Jackson Lago e usa sempre a fé e os irmãos fiéis para ficar com boquinhas no governo.

Aproveitando a presença do deputado Edivaldo Holanda, do prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior, do Pastor Porto, da deputada federal Eliziane Gama, do deputado Weverton Rocha, o capelão orou pelo governador e ainda encerrou pedindo aos políticos presentes que contassem a Flávio Dino as orações que são feitas em seu templo para proteger o comunista.

O pastor e capelão tem pedido reservadamente para suas ovelhas que abracem e orem pelo projeto de reeleição do governador. Claro, assim ele continua ganhando mais de 12 salários e sem fazer quase nada.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.