A polícia informou que  Davi Costa Martins, segundo envolvido na morte do delegado da PF, David Farias Aragão, deve ser preso na próximas horas e que já teve prisão decretada. O terceiro que participou do crime, o menor José Leandro Loureiro, 17 anos, foi apresentada hoje às 11h30 na delegacia e foi encaminhada para uma unidade de proteção ao menor.

Wanderson Morais Baldes, 20 anos,, que foi preso ontem, foi baleado durante o assalto na casa de praia da família do delegado morto. Ele permanece no Socorrão, mas bem vigiado para ser recambiado ao presídio de Pedrinhas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.