Os ministros do STF rejeitaram por 6 votos a 5  a concessão de habeas corpus preventivo apresentado pela defesa de do ex-presidente Lula.

O objetivo era evitar que o Lula fosse preso antes que de esgotado todos os recursos cabíveis na segunda instância.

Após o pedido negado, o ex-presidente poderá começar a cumprir a sentença em que determina a sua prisão. O julgamento durou quase 11 horas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.