O assunto que toma todas as conversas nos corredores do Palácio dos Leões é só uma: o destino do atual vice-governador Carlos Brandão depois que foi aconselhado a assumir temporariamente o cargo de Flávio Dino quando o governador foi descansar no exterior.

Para a maioria de juristas renomados, Brandão ficou inelegível para a o cargo de vice de Flávio Dino agora na mesma chapa, podendo, inclusive, complicar a situação do próprio governador.

Seria Brandão tão idiota ou inocente ao ponto de acreditar no que Flávio Dino garantiu? Ou foi tudo armado para que o vice possa ganhar uma vaga vitalícia de conselheiro do Tribunal de Contas?

Dois conselheiros devem se aposentar naturalmente daqui uns 3 anos, quando completam 75 anos. Mas nada que os impeça de antecipar a saída.

Agora, resta saber se Brandão será mesmo o agraciado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.