O presidente Othelino Neto tem conduzido com determinação o Poder Legislativo: assumiu a interlocução da Casa com o Palácio dos Leões, tem se mostrado um eficiente articulador, um eficiente conciliador, tem mantido intacta sua posição política e ideológica, não esconde que é linha de frente da aliança partidária liderada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), e repete com palavras e atos a independência do Poder Legislativo e a regras segundo as quais todos os deputados são iguais, independentemente da cor política e partidária de cada um.

Essa linha de ação ficou muito clara quando ele convenceu a Mesa Diretora a respaldar o projeto de Resolução Nº 001/2018, o primeiro da sua gestão, extinguindo o Auxílio Moradia de R$ 3.189,75 para cada deputado, um penduricalho que custava R$ 1.606,122,50 anuais ao contribuinte. A articulação foi tão bem conduzida que a Mesa Diretora abraçou o projeto e o plenário o aprovou por unanimidade. E reforçou a ideia de renovação ao nomear sua mulher, Ana Paula Lobato, para a presidência do Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão (Gedema), braço social do Poder Legislativo.

As últimas semanas de vida do presidente Humberto Coutinho (PDT) criaram em muitos a expectativa de que sem ele a Assembleia Legislativa mergulharia numa guerra pelo poder. Os que aguardavam tal desfecho, por verem  uma incógnita no 1º vice-presidente, foram surpreendidos por um desenrolar oposto: em que pesem alguns movimentos nos bastidores, a Assembleia Legislativa sob o comando do deputado Othelino Filho (PCdoB) foi mantida rigorosamente nos trilhos, sem rasuras institucionais nem fraturas políticas expostas.

Passados 100 dias da ascensão do sucessor à presidência, o que se tem visto é um Poder Legislativo respeitando a memória de Humberto Coutinho, mas dando seguidas demonstrações de que há uma nova realidade em curso, que vem sendo desenhada por um presidente que expressa como poucos o vigor e a ousadia da geração de políticos que começa, de fato, a assumir o poder no Maranhão.

Com pouco mais de 40 anos, jornalista e economista por formação e servidor concursado do TCE, e com a experiência de ter exercido vários cargos públicos – foi secretário de Meio Ambiente no Governo José Reinaldo -, Othelino Neto exerce o segundo mandato como um político integral, seguindo seu viés ideológico na esquerda moderada, que se encontrou no PCdoB.

No parlamento, vem se destacando como um dos mais duros adversários do Grupo Sarney, assumindo ao mesmo tempo posição destacada na aliança comandada por Flávio Dino. Chama atenção pelo equilíbrio emocional, o que lhe permite “bater” forte nos adversários do Governo Flávio Dino sem gritos ou ofensas pessoais. Nem o duro golpe que sofreu com a morte do pai, o renomado jornalista Othelino Filho, que era sua referência, alterou sua postura no comando da Casa.

Nestes 100 dias, o deputado Othelino Neto mostrou personalidade e consciência do seu papel tão logo se tornou presidente. Sem se deixar impressionar por fuxicos que inundaram os bastidores tentando incompatibilizá-lo com seus pares, assumiu plenamente o controle administrativo do Poder Legislativo, nomeando técnicos da sua  confiança para os cargos-chave, a exemplo do experiente jornalista Edwin Jinkins, a quem entregou a Diretoria de Comunicação com carta branca para reordenar a política de divulgação da instituição.

No delicado campo institucional, estreitou o relacionamento com o governador Flávio Dino e estabeleceu bases sólidas para uma convivência normal com o Poder Judiciário, tendo mantido uma série de encontros com o também novo presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos.

Desde que assumiu, tem cumprindo uma movimentada agenda  com secretários de Estado, políticos, empresários e lideres corporativistas.  Um exemplo: o secretário de Segurança, Jefferson Portela, o procurou várias vezes para pedir a sua mediação para solucionar impasses relacionados com o projeto de reorganização da Polícia Civil.

O presidente da Assembleia Legislativa não esquece a sua condição de deputado e de que tem uma eleição se aproximando. Daí a maratona que vem cumprindo nos municípios onde tem bases eleitorais. De Janeiro para cá, já visitou Vargem Grande, Conceição do Lago Açu, Urbano Santos, Pinheiro, Nova Iorque, Magalhães de Almeida, Nova Olinda, Junco do Maranhão, Paulino Neves, entre outros, além de São Luís, onde mantém contatos diretos com o prefeito Edivaldo Jr. (PDT) , sempre pleiteando melhorias para bairros, como o João de Deus, por exemplo.

Como político engajado, além da defesa intransigente do projeto do governador Flávio Dino para o Maranhão, o presidente Othelino Neto é um crítico duro do processo que levou o ex-presidente Lula da Silva para a cadeia, defendendo ainda que o líder petista seja inocentado e possa participar da corrida para a presidência da República. Tanto que não exitou em participar da reunião que, realizada no seu gabinete, criou a “Frente de Defesa da Democracia e pelo Direito de Lula ser candidato”. E não pensou duas vezes para reunir em na sua residência os chefes dos partidos da base governista – PP, PSB, PPS, PTB, SD, PROS, PR, PT, PDT, PTC, DEM e PCdoB – para reforçar a aliança dinista. Mais recentemente, prestigiou um encontro de vereadores cujo objetivo é fortalecer as Câmaras Municipais. Essa consciência parlamentar ele fez questão de enfatizar na sua posse – um ato formal realizado no seu gabinete, no dia 4 de Janeiro, quando declarou:

– Os debates deixam a Assembleia mais rica, mais forte, porque são debates no campo das ideias e com respeito. Eu tenho orgulho de ser político, de ser deputado estadual.

PONTO & CONTRAPONTO

Deputados de todas as cores aprovam o desempenho de Othelino Neto na presidência do Legislativo

O desempenho do deputado Othelino Neto na presidência da Assembleia Legislativa vem surpreendendo aos gregos e aos troianos no parlamento estadual. Os que o conhecem já esperavam que ele fosse bem sucedido, mas mesmo assim avaliam que ele está indo além do esperado. Já os que não tinham muita aproximação, se dizem surpresos com o seu desempenho e a sua capacidade de articular, o que faz com frequência, e de conciliar, quando necessário. O jornalista Djalma Rodrigues ouviu 11 deputados governistas e oposicionista e o que registrou foi o seguinte:

Léo Cunha (PTC): “A atuação de Othelino Neto merece elogios sob todos os aspectos. Ele surpreendeu pela serenidade na condução dos trabalhos, pela sua larga visão, apesar de ser muito jovem e por estabelecer parâmetros democráticos, sem dispensar tratamento diferenciado a ninguém”.
Zé Inácio (PT): “Othelino Neto se traduz como uma excelente surpresa. Ele tem tratado todos os colegas com muito respeito, muito diálogo. Ele faz a casa se movimentar de forma dinâmica, dando apoio às comissões e a todos os componentes do Legislativo Maranhense”.

César Pires (PEN): “Ele ganhou experiência no ano passado, quando assumiu por diversas vezes em lugar do Humberto Coutinho. Esteve conosco aqui na planície e agora está no planalto, e vem se saindo muito bem na condução da direção do nosso Legislativo. Não faz distinção entre parlamentar do governo e nem da oposição. Seu trabalho é louvável”.

Edvaldo Holanda (PTC): “É um deputado muito jovem, que vem mostrando competência muito antes de chegar a esta Casa, seja em assessorias, ou em secretarias do Estado e do município. Tem desempenhado um trabalho admirável. É uma grande esperança, não só para este poder, mas para o futuro do Maranhão”.

Rafael Leitoa (PDT): “A administração do presidente Othelino Neto é proveitosa, democrática e extremamente salutar. É um jovem político que vem mostrando muita maturidade pelo cargo que ocupa e sua atuação recebe pleno apoio de todos nós. Ele vem se transformando numa verdadeira unanimidade entre os componentes da Assembleia Legislativa”.

Roberto Costa (MDB): “Othelino já vinha ajudando o nosso saudoso Humberto Coutinho. Com a morte do Humberto ele assumiu dando continuidade ao trabalho dele. Mas já tinha uma experiência como secretário de Estado, secretário municipal e vem colocando sua experiência a serviço deste poder. Eu fui o autor da proposta que permitiu que concorresse à presidência após a morte do Humberto. Não me arrependo. Vem se conduzindo como um autêntico líder, um grande companheiro”.

Cabo Campos (DEM): “É uma grata surpresa o deputado Othelino na presidência da Assembleia. Apesar da pouca idade, é um homem centrado no trabalho que executa. Tem administrado de maneira correta. A democracia pulsa em toda sua plenitude aqui nesta Casa sob o comando dele. Tem praticamente a unanimidade de seus pares”.
Rogério Cafeteira ( DEM) – “Olha, temos que analisar desde quando o deputado Othelino Neto era vice-presidente desta Casa, sob a presidência do saudoso Humberto Coutinho. Sempre exerceu, de forma interina, a direção deste Parlamento acatando às determinações do titular, mesmo com ele convalescendo. Agora, de forma democrática e republicana, vem executando um excelente trabalho. Vem se comportando de forma exemplar. Tem mostrado sabedoria e respeito com relação ao alinhamento partidário e ideológico de cada um. Atua como autêntico magistrado”.

Levy Pontes (PC do B ): “Avalio o deputado Othelino Neto pelo seu DNA. Seu avô e seu pai, os saudosos jornalistas Othelino Nova Alves e Othelino Filho, foram profissionais que se destacaram em defesa das liberdades, que travaram o bom combate. Como vice-presidente atuou com muita competência e humildade. Agora, exerce um trabalho que se destaca pela serenidade, estabeleceu a paz, é um grande presidente”.
Sérgio Frota (PSDB): “O Othelino já vinha assumindo a presidência, com os problemas de saúde enfrentados pelo Humberto Coutinho, nosso saudoso ex-presidente. Suas ações são democráticas, são transparentes. O governo tem uma base muito forte aqui na Casa, mas ele vem estabelecendo um trabalho de fortalecimento do nosso Legislativo. Ele vem prestigiando os colegas, independentemente de cores ideológicas e partidárias. Não tenho nada o que reclamar do trabalho do Othelino como presidente”.

Fábio Braga (SD): “Com a morte do Humberto Coutinho, ele soube manter a eficiência da Casa, manter a tranquilidade, em todas as áreas, como no fortalecimento das comissões, realizações das audiências, encaminhamentos de propostas e o bom relacionamento com outras instâncias de poder, além do atendimento ao povo. Ele está sabendo se conduzir com extrema competência, com muita sabedoria, embora sendo um político muito jovem”.
Paulo Neto (DEM): “O deputado Othelino nos surpreendeu, por ser um jovem político, mas que vem se comportando como se fosse um veterano. Ele vem estabelecendo a paz e a harmonia aqui na Casa. Tem desenvoltura, tem sensibilidade e muito conhecimento político, conseguindo aglutinar forças. Ele tem aprovação quase unânime entre seus colegas”.

Bira do Pindaré (PSB)- “Na realidade, não me surpreende muito a performance do deputado Othelino Neto, ele sempre mostrou posições firmes, na aprovação de propostas polêmicas, como foi a extinção do auxílio-moradia, que é uma pauta nacional, e ele conseguiu número suficiente para aprovar a matéria.
A atuação do presidente Othelino é diferenciada, ele vem conseguindo êxito e apoio e espero que continue com o mesmo desempenho”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.