Em entrevista concedida ao jornalista Benedito Buzar, redator da coluna Roda Viva, do jornal O Estado do Maranhão, o deputado federal e ex-governador, José Reinaldo Tavares, garante que não voltará ao grupo Sarney e informa em quem vai apoiar na sucessão estadual:  “nessas eleições vou apoiar Eduardo Braide, para governador. Acredito muito nele, um jovem e promissor talento que desponta na política do Maranhão, com muito futuro”

O parlamentar lembra que no início do governo de Flávio Dino foi criado um conselho político, do qual fez parte, mas que não passou de uma reunião seguida de almoço. E foi naquele dia em que o comunista garantiu que ninguém merecia mais ser candidato que ele (Zé Reinaldo) ao Senado federal. E hoje deu no que deu.

Depois de afirmar que não acredita mais no governador Flávio Dino, a quem ajudou a entrar na política, Tavares deixou claro que  não tem mais volta ao grupo comunista. “Não existe mais relação de confiança entre nós que permitisse isso”, enfatizou. 

O ex-governador disse não acreditar que o atual governo eleja algum senador e defendeu uma terceira via para ser o próximo governador. “Acredito na terceira via, pois temos Braide, Roberto, Maura, Ricardo, entre outros, uma realidade muito importante na política do Maranhão”, apostou. 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.