O dirigente do DEM no Maranhão, deputado Juscelino Filho,  passou quase um mês anunciando o ingresso de no mínimo cinco parlamentares, sendo quatro estaduais e um federal, no caso Eliziane Gama. Vendeu o que não tinha e acabou entregando uma mercadoria falsa.

Juscelino Filho imaginando que enganou ACM Neto, presidente do DEM nacional

A começar pelo não ingresso da deputada Eliziane que, escabreada, preferiu ficar onde está. Investiram em dois outros federais, mas não conseguiram nada.

Resende levou a Brasília o prefeito Luis Fernando (sem partido) que não assinou a ficha de filiação do Democratas. Conseguiram embarcar Neto Evangelista, que pulou fora na hora de ingressar no partido. Uma decepção. Aliás, Juscelino Filho se gaba de ter entrado na Executiva Nacional do DEM, mas só esquece de lembrar que foi em um cargo pequeno de suplente.

O DEM local conseguiu somente a filiação do deputado Rogério Cafeteira e mais ninguém do parlamento estadual. Festejam a filiação de Felipe Camarão, secretário de Educação, mas peso morto eleitoral.

Então, foi o jeito apresentar uns peixinhos inexpressivos como  Gleydson Rezende , prefeito de Barão de Grajaú, Marfran Bringel, prefeito de Loreto, Vianey Bringel, Prefeita de Santa Inês, Robert Bringel , ex-prefeito de Santa Inês, Andréia Martins pré-candidata a deputada estadual, Gildasio Angelo, diretor-presidente do NASSP-MA, e Daniele Tema, pré-candidata a deputada estadual.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.