O que parecia uma investida alucinada para Márcio Jerry sair como o deputado federal mais votado da história política do Maranhão, conforme apontado ontem pelo Blog, agora se revela uma estratégia para acomodar alianças e apoios ao projeto de reeleição do governador Flávio Dino. Então, neste caso, o secretário não perdeu seis prefeitos como equivocadamente anunciado por outros sites.

Na verdade, Flávio Dino liberou seu homem de confiança para ampliar apoios e segurar lideranças com a finalidade de alinhavar costuras futuras e ajudar os candidatos nos quais o Palácio dos Leões aposta na eleição de deputado federal. É o que vem acontecendo, mas sem ameaças de que Jerry não seja o mais votado nestas eleições, disputando com o deputado estadual Josimar do Maranhãosinho.

Primeiro a ser liberado para apoiar o nome de Gastão Vieira foi o prefeito de vargem Grande, Carlinhos Barros, do PCdoB, que estava fechado com o forte secretário. Depois, dentro do mesmo acordo, mais outros quatro também do Partido Comunista do Brasil e, até agora, apenas um do PDT.  São eles:  Aluisinho Filho, de Esperantinópolis; Orlando Arouche, de Senador Alexandre Costa; Henrique Salgado, de Pindaré-Mirim; Arlindo Filho, de Fortuna; e André Portela, de Capinzal do Norte.

A estratégia, também armada por Jerry, busca fazer a maior bancada federal aliada e eleita pelo governador Flávio Dino, o que deve ocorrer. Com maestria, a agulha e a linha adornam a renda e fecham as bordas para evitar entradas e saídas que possam comprometer a textura da peça.

Estratégia de Othelino Neto

Em conversa ontem com o titular do Blog do Luis Cardoso, o deputado Othelino Neto também desfez o equivoco de que esteja trabalhando para ser o mais votado para deputado estadual e chegou a informar que tem conversado com lideranças que o procuram para ajudar na eleição de outros aliados. Ele é um dos principais articuladores do projeto de reeleição de Flávio Dino, assim como Márcio Jerry.

Othelino Neto, desde que assumiu a presidência da Assembleia Legislativa, afirmou que trabalha duro para ajudar o governador a eleger a maior bancada estadual da história do Maranhão, o que deve acontecer. Na avaliação de analistas políticos mais aprofundados, ainda assim ele deve despontar entre os quatros melhores posicionados, como Cleide Coutinho, Detinha, e Andréia Resende, que vai substituir o marido deputado Stênio Resende.

É aguardar e conferir!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.