A procuradora da mulher Assembléia Legislativa, deputada Valeria Macedo, após fazer um relato sobre o número de violências cometidas contra as mulheres no Maranhão, pediu o afastamento do deputado Cabo Campos por 60 dias. Decorrido o prazo, será feito a solicitação da cassação do mandato do parlamentar junto à Comissão de Ética do legislativo.

Valeria disse ser inconcebível as mulheres do Maranhão aceitarem a agressão cometida por um parlamentar. “ O nosso parlamento foi ferido de morte com essa violência praticada por um membro da Casa  e, por isso, só resta a cassação do mandato do deputado” , desabafou Valeria Macedo. As deputadas presentes no plenário concordaram com a posição de Procuradora da Mulher.

Aguardem novas informações…

Saiba mais:

 – Evangélico, deputado Cabo Campos espancou a mulher e tentou abafar as agressões

– Irreversível a cassação do mandato do deputado Cabo Campos

– Palácio dos Leões se articula para evitar cassação do mandato do deputado Cabo Campos

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.