A Conferência possui um caráter deliberativo, a sua abrangência está na participação, monitoramento e avaliação de políticas públicas relacionadas à educação.

Com o objetivo de discutir o Plano Municipal de Educação (PME), a Prefeitura de Rosário, realizou na última terça-feira (30), a Conferência Municipal de Educação. O evento faz parte de uma das etapas integrantes das Conferências Territoriais, Estadual e Nacional de Educação. Nesta edição o tema abordado foi “A consolidação do Sistema Integrado de Educação e o Plano Municipal de Educação – PME: monitoramento, avaliação e proposição de políticas para a garantia do direito à educação de qualidade social, pública, gratuita e laica”.

Elaborado com a participação da sociedade por meio do Fórum Municipal de Educação, em conformidade com o Plano Nacional de Educação, o PME tem a vigência de 10 anos e possui 21 metas e 210 estratégias.

De acordo com a coordenadora do processo de elaboração e monitoramento do Plano Municipal de Educação, Luzia Pereira, a Conferência de Rosário possui um caráter deliberativo, a sua abrangência está na participação, no monitoramento e na avaliação de políticas públicas relacionadas à educação. “O propósito geral da conferência é assegurar o espaço de discussão, proposição, acompanhamento e avaliação das metas e estratégias do PME”, explicou.

Durante o evento, as discussões foram setorizadas por eixos, os quais foram distribuídos entre grupos de trabalho que debateram sobre cada um, apresentando, ao final, relatório por meta. O momento também foi responsável por analisar as metas e estratégias do PME, propondo possíveis alterações de acordo com cada eixo.

O vice-prefeito, Douglas Sena, esclareceu que a Conferência é fundamental para a classe educacional do município. “É uma ótima oportunidade para que o município e a sociedade civil discutam melhorias para a educação de Rosário. Temos tido muitos progressos ao longo desses anos, porém quanto mais debatermos sobre o assunto, mais avanços teremos”, disse.

“Considero a equipe do município de Rosário verdadeiros guerreiros. Mesmo diante da crise econômica instalada no país, o município conseguiu crescer e avançar. No início da primeira gestão tínhamos o alarmante índice de 130 crianças na escola, hoje temos mais de 2 mil crianças estudando. Não cumprimos todas as metas do PME, mas não estamos longe disso, são discussões como essa que nos leva adiante”, enfatizou o secretário de Educação, Joaquim de Sousa Neto.

Estiveram presentes na Conferência além de representantes da sociedade civil, todo o polo municipal de educação junto ao conselho municipal, gestores escolares, professores, poder público representado pelo vice-prefeito e vereadores, poder legislativo, assessor da UNDIME, promotoria de educação e controladoria municipal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.