O cirurgião dentista Marcone Cordeiro morreu nesta madrugada, sábado dia 3 deste na unidade da UPA do eixo Itaqui/Bacanga, Ele passou mal quando fazia o Teste de aptidão física do concurso da Polícia Militar do Maranhão. Esta é a segunda morte em menos de uma semana.

Marcone sentiu dores após a realização de uma das etapas do TAF e foi levado para a UPA, onde chegou se contorcendo de dores. E acabou não resistindo e veio a óbito.

A banca organizadora do concurso e nem a própria PM se pronunciaram sobre o assunto. As reclamações são constantes por causa dos exercícios físicos que são pesados.

Aguardem mais detalhes.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.