O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, anunciou agora no período da tarde, durante entrevista coletiva, a exoneração do delegado Bardal do cargo de Superintendente da Seic. Ele estaria envolvido na máfia do contrabando de mercadorias, que foi desbaratada desde ontem à noite e resultou na prisão de três militares, sendo um major, um sargento e um soldado. Bardal foi exonerado por quebra de confiança, segundo relatou Portela.

O nome do delegado foi citado nos crimes pelas pessoas presas (três militares e sete civis). Bardal estava ontem bem perto do local onde policiais militares estouraram um depósito com várias mercadorias, dentre elas armas, munições, bebidas e cigarros.

O delegado teria dito que estava ali depois de participar de uma feste e mudou para procurando para comprar um sítio e depois falou que era uma investigação.

No local, no bairro Arraial, no Quebra Pote, funciona um porto clandestino onde são desembarcados os produtos do contrabando.

Hoje, também no período da tarde, policiais estouraram outro depósito que estava funcionando na Vila Esperança, com centenas de mercadorias, além de caminhões que faziam o transporte.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.