Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

EMSERH vira balcão de negócios com contratos irregulares na Saúde

Política
 

A Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares, criada na gestão do ex-secretário Ricardo Murad, e aproveitada pelo governo de Flávio Dino, mantém uma série de contratos irregulares para fazer pagamentos dos salários dos médicos. Para despistar as leis trabalhistas ou evitar o concurso público, os médicos foram obrigados a se tornar proprietários das empresas em 1% e os contratos com a Secretaria de Saúde, através da EMSERH, são feitos sem licitação.

De acordo com os contratos, médicos viram sócios das empresas que os leitores verão abaixo. A EMSERH repassa o dinheiro para as contratadas geralmente ao final do mês subsequente ao do pagamento e não existe nenhuma fiscalização para saber se realmente os serviços foram executados.

O médico Arthur Jucá Moreira é um dos donos de quatro dessacia s empresas, que ao todo chegam a ser mais de oito. Não existe nenhum processo licitatório e elas funcionam de fachada em residência de médicos ou de parentes, em bairros como Cidade Operária, Anil, Centro, e até em condomínio de luxo no Aririzal, no Turu.

Antes de deixar a direção da EMSERH, a advogada Alana Coelho Guimarães, sóem banca advocatícia com o secretário de Saúde Carlos Lula, fez um estrago, demitindo os auditores da empresa. Em seu lugar, assumiu a médica Lanik Pires Leal, que é plantonista do Materno Infantil.

Lá ela tem uma dura e quase impossível jornada de 40h semanas e mais 20h semanais na EMESRH.

Um detalhe também tem chamado a atenção: 8 mil pessoas foram aprovadas no seletivo da empresa e nenhuma até agora foi chamada para comparecer ao novo local de trabalho.

9 comentários em “EMSERH vira balcão de negócios com contratos irregulares na Saúde”

Se quiser fazer uma citação desse artigo no seu site, copie este link

  1. Verdadeiro

    Quantos erros de português, texto sem coerência, quem escreveu foi alguma criança?
    Não explica nada este texto!

  2. Marcos Trovão

    Obrigado pela citação dos seletivados , isso é injusto nunca terem nos chamado

  3. Diego Leitão

    Esse Artur Juca é picareta e tem vários laranjas e sócios travestidos de empresários como Klauber entre outros!
    O Jucá com sua influência coloca sem licitação empresas de propriedade de seus sócios e laranjas
    Com isso em muitas unidades, em especial, no interior do estado estão diminuindo o valor dos plantões
    E tendo lucratividade cada dia maior
    Nem pensam sem fazer concurso público
    Será que ninguém vê isso?
    Ou Artur Juca tem outros comparsas na própria Emserh e quiça dentro da SES ?
    Flavio Dino procure moralizar a saúde do estado, fanzendo concurso e demitindo o secretário de saúde que nada faz com esses absurdos
    Assim fica fácil viajar e pular de asa delta com dinheiro público

  4. Patricia

    Alana foi aluna de Lula numa faculdade particular da capital, eles nutrem uma relação muito intima.

  5. Informante

    Essa Alana que quebrou tudo na casa do LULA, mandava e desmandava na SES, grossa, prepotente, pensava que podia cagar na cabeça de todo mundo, se procurar acha muita coisa.

  6. Anne Frank

    O auditor da EMSERH chamado Reginaldo, indicado pela secretaria de Transparência e com aval do Auditor Paulo Bello, nomeou mais de 20 pessoas para EMSERH e de todos levada um pedaço do salário, foi demitido e mais todos os que pagaram pra ele pelo emprego.

  7. SANTOS

    CONHECEM A FRUTA CHAMADA BANANA? POIS BEM, O SECRETÁRIO É UM BANANA, ONDE JÁ SE VIU UMA PESSOAS SEM A MENOR QUALIFICAÇÃO A FRENTE DA SES???
    AGORA ESSE ARTHUR JUCÁ, LEMBRO DELE DA UDI, DAVA PLANTÃO LÁ E HOJE LUCRA EM CIMA DOS COLEGAS MÉDICOS.
    FLÁVIO DINO, ESSE ARTHUR VAI ACABAR COM TEU GOVERNO.

  8. frittaz

    Passei no concurso o cara responsavel pela prova pratica falou que seriamos chamados antes das eleiçoes e nada , nao chamaram ninguem a empresa q presta serviço para as upas ja foi dada como falida os funcionarios que trabalham la estao meses sem receber, negocio tenso pois foi feito em vespera de eleição que so nos mostra a falta de Profissionalismo dos envolvidos.

    Agora os aprovados sofrem desempregados e o governo do maranhao nao faz nada!

  9. Reginaldo

    Em resposta ao comentário maldoso e desnecessário proferido pelo(a) “ANNE FRANCK” venho expor o seguinte:

    “O auditor da EMSERH chamado Reginaldo, indicado pela secretaria de Transparência e com aval do Auditor Paulo Bello, nomeou mais de 20 pessoas para EMSERH e de todos levada um pedaço do salário, foi demitido e mais todos os que pagaram pra ele pelo emprego.”

    Resposta:

    1. Não tenho dúvida que você “ANNE FRANCK” deve ser algum(a), empregado lotado(a), em alguma Diretoria da Empresa que com certeza foram notificados por mim enquanto estive no exercício da função de auditor da EMSERH para regularizar atos e procedimentos errôneos, irregulares ou ilegais.

    2. Para mim, fica fácil identificá-lo porque tenho todos os relatórios que foram encaminhados aos setores com recomendações, memorandos e pedidos de providências para regularização das pendências as quais eram de competência da Auditoria Interna diligênciar antes do pagamento.

    3. Procure ler “ANNE FRANCK”, vá estudar a legislação pertinente para que se habilite a trabalhar numa Empresa Pública desse porte, mas antes se informe dos reais motivos que me levaram a sair da Auditoria da EMSERH, sob pena deu vir á público te “desmascarar” divulgando o seu verdadeiro nome e depois mover uma ação de “Danos Morais e Constrangimento” por você tentar macular a minha imagem pessoal, integridade, honestidade e responsabilidade de uma pessoa que você desconhece.

Deixe um comentário:

Formulário de Comentários






  • Enquetes
    Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.
  • Conheça a Creche Escola Luluzinha
  • AS MAIS VISTA DA SEMANA

  • Contatos

    E-mail: [email protected]
    Telefone: 98 3236-1351
    Celular: 98 98722-6094

    Arquivos

    Posts ordenados por data de publicação.