Os bancos do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco e Itau fingiram que leram a portaria do Procon que exigia a colocação de dinheiro nos caixas eletrônicos durante o período carnavalesco.

As agências no interior do Maranhão não tomaram conta da medida ou do apelo do Procon ou de qualquer órgão que protege o consumidor. Também, pudera, nem mesmo a OAB ou Defensoria Pública se envolvem na questão.

Assim sendo, em cidades como Codó e Pinheiro a humilhação foi arrasadora. Pessoas se dirigiam aos caixas eletrônicos e nenhum centavo nas máquinas.

Na cidade de Codó os clientes padeceram. Os caixas eletrônicos ficaram vazios, como mostra a foto abaixo:

image

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.