Uma rede de empresas com tentáculos de Fernando Sarney foi montada há anos para faturar contratos, superfatura preços e efetuar contratações irregulares são revelados em um dossiê obtido pelo Blog do Neto Ferreira.

Erik Marinho,  dono de várias empresas que operam no governoErik Marinho, dono de várias empresas que operam no governo

O cabeça da rede e possuidor de mais de três empresas, todas mantidas por contratos milionários com diversas secretarias do Governo do Maranhão, chama-se Erik Janson Vieira Monteiro Marinho.

Assim que entrou no Estado, ele foi emplacado pelo empresário Fernando Sarney para ocupar o cargo de Superintendente Jurídico da Secretaria de Educação.

Na SEDUC, Marinho iniciou o crescimento patrimonial dominando a cadeia de processos e aditivos irregulares e, anos depois, deixou o cargo para comprar a empresa Potencial Segurança e Vigilância Ltda., uma de suas primeiras que vem faturando milhões no órgão onde trabalhou.

Veja abaixo o dossiê os aditivos:

Mas, o maior escândalo está na empresa Gestor Serviços Empresariais Ltda., que tem como proprietários e sócios Erik Janson Vieira Monteiro Marinho, Lucivânio Felix e Paulo Cesar Baltazar Viana.

Os negócios escusos aparecem no contrato da Gestor Serviços com a Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (SEJAP), que apenas possibilita contratação de copeiras, serventes, atendentes, pessoal de limpeza segurança e etc.

O dossiê mostra os contracheques da farra de contratações com verba pública de pessoas que não trabalham no sistema penitenciário e ocupam cargos inexistentes como – por exemplo – jornalista, terapeuta ocupacional, motorista executivo, farmacêutico, cirurgião dentista e professor de educação física.

Outras contratações fantasmas também aparecem no cargo de produtora de multimídia, coordenador de assistente jurídico, engenheiro, fotografo, arquiteto, coordenador de assistência educacional e coordenador de terapia ocupacional.

O esquema de mão de obra qualificada é tão grave que há indícios de pessoas do próprio judiciário fazendo várias “indicações” para inchar a folha e resultando em um acréscimo de quase 300% no contrato da Gestor.

O Blog do Neto Ferreira vai revelar outra parte do dossiê que mostra o escândalo de contratos das empresas Unilimps, Masp, Masv, Gestor e Potencial, que tem eles como dono o advogado Erik Janson Vieira Monteiro Marinho. Aguardem!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.