O Blog publicou ontem que os 43 candidatos a deputado estadual, abrigados em 18 partidos, que apoiam a candidatura do senador Lobão Filho, estariam  impedidos de continuar na disputa em razão de questionamento que será feito nesta semana ao TSE para derrubar o chapão, em virtude da coligação não preencher a cota completa destinada de 30% para mulheres.

Ocorre que três mulheres não poderão ser candidatos até o final por não se desincompatibilizarem dos cargos que ocupam no Governo do Estado do Maranhão dentro do prazo exigido por lei . Por essa mesma razão, duas coligações caíram na Justiça Eleitoral, sendo uma em Brasília e outra em Goiás.

Após confirmações com especialistas, o Blog divulga agora apenas os nomes de 21 candidatos que poderão ter as candidaturas impedidas e não 43. São aqueles que estão abrigados em partidos que estão coligados no chapão. Dos atuais 21 que estão sendo prejudicados, 12 teriam amplas chances de se eleger.

Veja a relação abaixo:

PMDB, DEM, PTB, PV, PTdoB, PSC, PRTB, PR

Afonso Manoel
Andrea Murad
Hélio Soares
Max Barros
Nina Melo
Roberto Costa
Socorro Waquim
Adriano Sarney
Hemetério Weba
Edilázio Júnior
Rigo Teles
Antonio Pereira
Cesar Pires
Manoel Ribeiro
Léo Cunha
Rogério Cafeteira
Fábio Braga
Carlos Filho
Stenio Rezende
Camilo Figueiredo
Josimar Cunha

Esvlarecimento

A Coligação “VAMOS JUNTOS MARANHÃO” através de nota, informou que, conforme legislação eleitoral aplicável, as coligações proporcionais são independentes. Sendo que, a Coligação preencheu todos os requisitos exigidos pela lei eleitoral, razão pela qual teve o seu registro deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Portanto, não há qualquer questionamento legal acerca dos candidatos integrantes da Coligação “VAMOS JUNTOS MARANHÃO” – PMN-PHS-PEN-PSD.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.