blog do João Filho

Prefeito de Alcântara, ArakenPrefeito de Alcântara, Araken

Uma denuncia feita por um grupo de trinta professores do município de Alcântara, na baixada ocidental maranhense, diz que o pagamento do mês de dezembro, décimo terceiro e férias dos educadores, até agora não foi feito. Segundo professores que trabalham nos povoados Itamatatiua, Arenengaua e Mocajituba, o secretário de Educação, identificado como Valdivino, já foi procurado várias vezes e nada foi resolvido.

Professores que moram na zona rural de Bequimão e prestam serviços para a prefeitura de Alcântara, também estão cobrando seus direitos e até agora ninguém da prefeitura se manifestou. De acordo com o grupo de Professores denunciantes, o prefeito Araken coloca a culpa no secretário e diz que o dinheiro já foi repassado.

A secretaria de educação de Alcântara era administrada pelo ex Vereador Zezinho, que acabou sendo exonerado por improbidade administrativa. Ele foi denunciado pelo Ministério Público do Maranhão e acabou deixando a pasta. Com isso, Valdivino assumiu o cargo e como providência, deu calote em dezenas de professores.

Procurado por este Blog para falar sobre o assunto, o prefeito Domingos Araken não atendeu seu celular e nem respondeu as perguntas feitas por Inbox do facebook. Como quem cala, consente; a verdade é que Araken está mais perdido que cego em tiroteio.

Segundo os professores, a prefeitura fez um seletivo para a educação que tinha validade até dezembro de 2013. Mas o prefeito Araken não cumpriu com as obrigações e passou a perna nos educadores que já ganham um salário de miséria.

Talvez com esta nota publicada aqui, o prefeito Araken entre em contato com este Blog e explique os motivos que atrasou os salários dos professores Alcântarenses

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.