Cartório expedia procurações falsas pra retirada de dinheiro até de defuntos.

image48-e1366903195867A Polícia Federal do Maranhão deu início a investigação do esquema de falsificação de procurações em cartório no Maranhão. Até agora somente uma pessoa foi presa, o advogado Paulo Roberto da Silva Chagas, de 26 anos. Ele é acusado de efetuar um saque de R$ 200 mil no ano passado e quando tentou realizar outro no valor de R$ 47 mil nesta semana na agência da Caixa Econômica Federal, foi preso em flagrante.

De acordo com informações, a PF está investigando o cartório da cidade de Vitorino Freire, que emitia as procurações para o recebimento de precatórios em nome de defuntos.

Agentes federais estão na cidade de Vitorino Freire e podem efetuar prisões nos próximos dias, Saiba mais informações no Blog do Neto Ferreira.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.