Cerca de 10 mil pessoas participaram da caminhada.Cerca de 10 mil pessoas participaram da caminhada.

O dia de ontem ficará lembrando com um pedido de justiça e paz no município de Barra do Corda.

Segundo dados da Polícia Militar, cerca de 10 mil pessoas participaram nesta segunda-feira, 23, da caminhada em protesto contra o assassinato do vereador Aldo Andrade e do borracheiro Almir, mortos a tiros no último sábado, 22, em um lava a jato no bairro Altamira.

População protestou contra o assassinato do vereador Aldo Andrade e do borracheiro Almir.População protestou contra o assassinato do vereador Aldo Andrade e do borracheiro Almir.

O ato público, que começou por volta das 17h30, reuniu milhares de amigos, familiares e boa parte da sociedade cordina e, teve como objetivo o pedido de justiça e paz e que a elucidação desses crimes ocorra com urgência. As pessoas percorreram a pé, da Praça da Rodoviária no bairro Altamira até o Espaço Cultural no bairro Tresidela, gritando por justiça.

“Este é um grito de esperança. Pedimos justiça não só para o Aldo e Almir, mas por todas as outras vítimas de crimes como vitimou o meu irmão. Barra do Corda precisa mudar e isso só vai acontecer se todos nós abrirmos a boca e clamarmos por justiça, por direitos humanos. Meu irmão foi velado e sepultado hoje e nem feriado foi decretado para que as pessoas pudessem, sem comprometer seus compromissos, irem dar seu último adeus ”, declarou o irmão do vereador Aldo Andrade, Adoaldo Andrade.

Ato público teve como objetivo o pedido de justiça e paz e que a elucidação desses crimes ocorra com urgência.Ato público teve como objetivo o pedido de justiça e paz e que a elucidação desses crimes ocorra com urgência.

Ao final da caminhada, no bairro Tresidela, foi realizado um culto ecumênico pelo Padre Ézio Borsani e os Pastores Klebert da Costa, Daniel Rolim e Domingos Abreu. “As palavras do Apóstolo Tiago, nos ajuda a entender de onde vem o mal e a violência. Vem deste desejo, de pessoas serem grandes, poderosos e ricos. Isto é a causa de tudo. A nossa sociedade e os nossos governantes devem procurar outro fundamento, que não seja o dinheiro, o poder e a grandeza. E sim o bem comum, a justiça, lembrando dos mais necessitados. O caminho que pode mudar nossa cidade não é o caminho do dinheiro é o caminho do amor. Felizes os que tem fome e sede de justiça, porque serão saciados” exclamou o Padre Ézio Borzani.

Após o culto ecumênico, os participantes prestaram suas últimas homenagens às vítimas, fincando cerca de 2 mil cruzes nos canteiros da Avenida Roseana Sarney. Durante o movimento, as pessoas foram entoando, aos prantos, uma música de Padre Zezinho, “Por causa da tua palavra, por causa da libertação, por causa de um pouco de terra, por uma fatia de pão. Mataram mais um irmão. Por causa de um mundo mais justo, por causa de tanta opressão, por causa das coisas que disse, por ter defendido os irmãos. Mataram mais um irmão”.

Cerca de 2 mil cruzes foram fincadas nos canteiros da Avenida Roseana Sarney.Cerca de 2 mil cruzes foram fincadas nos canteiros da Avenida Roseana Sarney.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.