Ex-vereador Júnior do MojóEx-vereador Júnior do Mojó
O ex-vereador de Paço do Lumiar, Edson Arouche Júnior, mais conhecido como Júnior Mojó, foi preso hoje. A informação será confirmada agora no período da tarde pelo secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes.

A polícia não confirma que Elias Orlando Nunes Filho, parceiro de Mojó nas transações imobiliárias, tenha sido preso também. Os dois sócios da Imobiliária Territorial.

A dupla é acusada de mandar matar o empresário Marggion Ferreira, ano passado por causa da disputa de um terreno no Araçagi.

O inquérito policial, que apurou a morte do empresário, concluiu que Júnior Mojó e Elias Orlando encomendaram o assassinato pelo fato da vítima ter descoberto que o terreno que ele havia adquirido legalmente teria sido vendido pelos acusados para outras pessoas de forma irregular.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.