prefeito João Castelo, trabalha para vencer o primeiro turnoprefeito João Castelo, trabalha para vencer o primeiro turno

Pelo andar da carruagem nas avenidas da sucessão municipal de São Luís, o prefeito João Castelo pavimenta o caminho para se eleger no primeiro turno. Ele, além de ter o maior volume de campanha, é o único candidato que vem dando passadas largas em todas as pesquisas eleitorais. Tem pulado sempre, no mínimo, em 4 pontos percentuais.

O prefeito tem o maior índice de rejeição, é verdade, mas vem dimimuindo o desgaste a cada consulta junto ao eleitorado. Castelo não tem 50% de sua administração aprovada, conforme os números do DataM3, em pesquisa mais recente.

Em todos os cenários, caso tenha segundo turno, o prefeito, em todos os institutos de pesquisas, perde para Tadeu Palácio e Edivaldo Holanda Júnior, inclusive na do DataM3. Mas pode ser que até o dia 7 de outubro, dia da eleição, o quadro não lhe seja mais tão desfavorável como agora.

De dezembro de 2011, quando as pesquisas apontavam Tadeu Palácio em primeiro lugar, Castelo amargava míseros 12%. De lá pra cá eles vem crescendo, Tadeu Palácio caindo (parecendo mais cavalo paraguaio) e Holanda Júnior dando passos tímidos. Eliziane Gama vem encolhendo.

O razão do crescimento da reeleição de Castelo não pode ser creditada somente ao asfalto, que ainda pesa numa eleição na capital e no interior. Debita-se também ao erro da oposição que, de uma cooperativa, virou um balaio de gatos. Cada um escapou por um lado.

O prefeito, com a experiência que tem e vindo da escola política do ex-amigo José Sarney, soltou foguetes e arrumou o caminho das pedras.

Habilidoso, Castelo não teve tanta preocupação assim em buscar amplas alianças. Claro que ele sabe que são necessárias por causa do tempo na TV. Se perdeu por um lado, ganhou em outro.

Os principais candidatos a vereador (incluíndo os que buscam a reeleição) estão abrigados em coligações distintas, mas estão pedindo votos nas suas bases para o prefeito. O blog conheçe vários, assim como secretários de estado e deputados da base do governo.

Castelo reeleito não atrapalhará os planos do grupo Sarney em 2014. Será mais fácil apoiar Lobão ou Luis Fernando (de quem é amigo pessoal) e ter que ajudar na campanha de Flávio Dino.

O volume de campanha do prefeito é superior à soma de todos os demais candidatos. Ninguém tem estrutura igual. Nem mesmo o candidato Washington Oliveira que caiu no conto do  “Boa Noite Cinderela”, entrou legal, dormiu, e vai acordar pelado.

Na última pesquisa, feita pelo DataM3, o prefeito aparece até com 31%. Se continuar assim e não houver nenhum acidente de percurso, logo estará na casa dos 40%, antes de agosto encerrar.

Daí para ganhar mais uns 12% não terá dificuldades. E exatamenrto aquele período em que vaca desconhece bezerro.

Enquanto isso, é bom aguarda o horário eleitoral na TV, que pode também definir se haverá ou não dois turnos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.