Império de Ricardo Murad começa a ruir

O poder do deputado Ricardo Murad sobre a secretaria de Estado de Saúde do Maranhão começa a esvaziar. Aos poucos, o atual titular da Pasta, Luis Alfredo Guterres, ganha autonomia.

Foi dele a iniciativa própria de desvincular da Central de Controle de Preços e Compras da secretaria de Saúde, as aquisições do Hospital Geral, de onde foi diretor presidente. 

Guterres ganha ganha voo por ser tio e padrinho do atual marido de Rafaela Sarney, filha da governadora Roseana. Rafaela finge, mas não engole o tio Ricardo até hoje.

Ausência e licenças de deputados

O blogue foi o primeiro a denunciar deputados faltosos que percebem salários como se comparecessem às sessões plenárias de cada mês.

O vice presidente da Assembléia Legislativa, deputado Camilo Figueiredo, é um dos mais ausentes, assim como Antônio Pereira, primeiro secretário. Ricardo Murad sequer tem comparecido ao local de trabalho. Ainda assim, todos recebem salários integrais.

Hoje, o deputado Raimundo Cutrim denunciou a expedição de licenças médicas para acobertar as ausências dos faltosos.

E mais: que lhe foi sugerido a apresentação de uma licença para cobrir sua ausência de oito dias em lua de mel do seu mais recente casamento.

E o que fez a Mesa Diretora da AL? Nada. Quer quer Cutrim aponte quais os deputados e as licenças. Ora, a Mesa tem o controle de tudo, assim como permite a impunidade aos faltosos. Tudo em nome do corporativismo.

Esquema do CIAP transferido para a Cruz Vermelha 

Anderson é o nome do cidadão que operava os contratos do CIAP no Maranhão, Oscip acusada de desviar milhões em cinco estados do país.  Em esquema com o secretário Edmundo Gomes, na gestão de Jackson Lago, Anderson usava a estrutura do CIAP para outros institutos.

O dono do CIAP, um paranaense, esteve em São Luís e ao constatar a situação de falência da sua Oscip, demitiu Anderson.

Assim que Ricardo Murad assumiu a Saúde, Anderson foi operar na Cruz Vermelha local, colocando o nome de sua genitora no negócio, que teve participação discreta de uma das irmãs de Murad.

Hoje, a Cruz Vermelha é quem mais fatura com o gerenciamento de diversos hospitais espalhados por São Luís e pelo interior do estado. Extrapolou das suas funções. Amanhã detalharei tudo.

AL nos ares

A Assembléia Legislativa do Maranhão prepara o seu portal da transparência. Uma decisão correta e, portanto, transparente.

Como a AL contratou a Hering Táxi Aéreo por mais de R$ 800 mil, durante um ano, tem deputado de olho para saber quanto a empresa faturou até agora.

O contrato passou a vigorar a partir do final de abril. Mas adianto que a Hering não levou nada até agora. Pelo acordo, só receberá pelas horas de voos executados. Ainda nem decolou.

Ainda assim, tem deputado querendo saber a quem servirão os jatinhos da empresa, ainda mais agora que se aproxima o corre corre eleitoral.    

Sarney e Castelo

Em vida, o senador Alexandre Costa costumava dizer a amigos que José Sarney foi o melhor governador que o Maranhão teve em toda sua história.

E justificava que isso só foi possível porque os filhos de Sarney ainda eram crianças. Agora, tem que relembre que João Castelo também foi um dos melhores governadores do estado. 31 anos depois, ainda não conseguiu deslanchar na prefeitura da capital.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.