Ao contrário do que vem divulgando a Superintendência de Epidemiologia e Doenças, da Secrataria de Estado da Saúde, já chega a nova o número de óbitos víttimas da gripe “Suina” no Maranhão. O caso é alarmante.

Uma mulher grávida morreu na manhã de hoje em São Luís. Foi o quarto caso de gestantes confirmado pela Secretaria de Saúde.

A SES omitiu a morte de uma adolescente de 16 anos, em Presidente Dutra. Existem mais outros quatro óbitos no interior do estado.

O primeiro foi da estudante Kátia Cileida, 23 anos, moradora de Paço do Lumiar. Uma outra estudante, de 13 anos, morreu no Socorrão II, após uma semana internada na UTI do hospital, além de uma mulher gravida de 34 anos.

Subiu para 21 o número de suspeitos da Influenza H1N1, sendo que 13 casos já confirmados. No Hospital Djalma Marques, o Socorrão I, dois pacientes foram transferidos imediatamente para o Hospital Geral. Os estágios estão suspensos.

Até o Ministério da Saúde enviou resposta ao blogue tentando minimizar a situação. Logo mais postarei a resposta do Ministério da Saúde, que não difere em nada da Secretaria de Saúde do Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.