O vereador Francisco Carvalho entrou com uma ação de danos morais e calúnias contra um dos donos do jornal Extra.

Na primeira audiência, o sócio Nelson Nogueira, se borrou de medo. Diante da Vara, no Fórum do Calhau, quase chora. Tremeu mais que vara verde. Nem o advogado entendeu a razão de tanta tremedeira.

Acabou indo o segundo sócio, Walkir Marinho, mas a audiência foi adiada para o mês seguinte. E Nogueira torce para que a audiência seja no dia primeiro de abril.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.