Enquanto no Congresso Nacional os parlamentares tiveram que mandar pra casa os parentes funcionários e na Assembléia Legislativa do Maranhão a maioria já mandou exonerar irmãos, tios, pais e primos, a Câmara Municipal de São Luís resiste.
Não se tem conhecimento de nenhuma exoneração efetuada pela presidência da Casa em atendimento a lei do nepotismo. Tem parente de vereador que mora em Brasília, mas cai em sua conta todo mês o salário, acréscido de gratificações.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.