A candidatura de José Sarney à presidência do Senado Federal acaba de firmar mais um acordo que lhe garantirá a vitória na eleição do dia 2 de fevereiro.

Depois de conversar com o próprio Sarney por telefone, o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso ligou para o senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, orientando para que os senadores tucanos votem no senador maranhense.

O PSDB é dono da segunda maior bancada no Senado Federal, seguido do DEM, que já fechou apoio ao nome de Sarney. No ninho tucano, Sarney ainda enfrenta a resistência do senador Tasso Jeiressati, que deve mudar de opinião após o partido selar com o acordo.    

O governador de São Paulo, José Serra, foi o primeiro a conversar ontem à noite com José Sarney e assumiu a missão de levar a bancada tucana para apoiar o peemedebista.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.