Não é tão tranqüila como se imagina a situação do ex-governador José Reinaldo Tavares. Descartado pelo governador Jackson Lago para sair candidato a prefeito de São Luís, Tavares vem tendo outro projeto recusado: fazer o sobrinho Marcelo Tavares presidente da Assembléia Legislativa.

Rejeitado II

Marcelo Tavares ganhou o apoio de Evangelista, mas a obrigatória operação para retirada de um tumor do cérebro melou os sonhos do sobrinho do ex-governador. Sem a prefeitura e sem o comando da Assembléia, José Reinaldo faz novo apelo.

Rejeitado III

O ex-governador, segundo informa o Blogue do Colunão, do jornalista Walter Rodrigues, pode ser nomeado diretor-presidente da Emap, em substituição a João Castelo que será candidato a prefeito de São Luís.

Ocorre, porém, que Castelo teria acertado com o governador Jackson Lago a indicação do primo João Rodolfo Gonçalves, atual diretor de operações do Porto do Itaqui.

Assim sendo, restará ao ex-governador a solidão, o caminho dos esquecidos, o isolamento político.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.