Quem quis brincar o carnaval preferiu deixar São Luís e cair na folia no interior. A festa, além da segurança, mostrou irreverência, alegria e boas atrações de outros estados.

São Luís optou pela maranhensidade, uma festa tupiniquim, sem a menor graça. Prova disso foi a ausência do folião na passarela do samba no dia do desfile das escolas principais.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.