Não convidem para o mesmo almoço o ex-governador José Reinaldo Tavares e o suplente de senador Mauro Fecury. A comida pode estragar.

Há mais de quatro meses os dois não freqüentam os mesmos lugares, nem Em Brasília, e nem se falam.

Ex-amigos II

No último encontro, José Reinaldo Tavares foi até o Uniceuma, no Renascença e entregou pessoalmente ao ex-colega Mauro Fecury as chaves do luxuoso apartamento do Edifício Cidade do Porto, no Calhau.

Tavares residiu por um ano no imóvel que foi emprestado pelo ex-amigo. O ex-governador chegou a gastar perto de R$ 100 mil numa reforma (e não R$ 800 mil espalharam).

Ex-amigos III

José Reinaldo Tavares tem dito ao pequeno grupo de amigos que ainda sobrou, após deixar o cargo de governador, que sente saudades dos jogos de basquete e vôlei que costuma participar na casa de Mauro Fecury, no Araçagi, e da caminhas ao lado do ex-amigo na mesma praia, quando aproveitavam para colocar em dia os assuntos preferidos.

Tavares, agora, pratica esporte com outro grupo na piscina do hotel Pestana, nos fins de semana, no Calhau. Ele não pode mais jogar nas quadras em razão de problemas com a cartilagem do joelho esquerdo.

Equivoco

A partir das 18h, horário de pico, o trânsito ficou conturbado na ponta do José Sarney, no sentido de quem vai do centro para o São Francisco.

É que os guardas permitem o fluxo de veículos em duas pistas com acesso do São Francisco ao centro. Aí vira uma loucura. Os guardas da Semtur não se aperceberam que o fluxo maior de veículos, naquele horário é no sentido centro/São Francisco, tanto que as duas pistas ficam a todo instante vazias.

Emenda da reeleição

O líder do Governo na Assembléia Legislativa, deputado Edivaldo Holanda, engrossa o coro dos que votarão contrário a emenda que permite a reeleição dos atuais membros da Mesa Diretora da AL para cargos diferentes.

Mas o deputado acredita que o Governo do Estado não venha interferir no assunto interno da Casa. “Então a proposta será aprovada”, diz confiante o autor da proposta, deputado Chico Gomes.

Canindé incomoda I

A performance do secretário da Semtur, Canindé Barros, pré-candidato à sucessão do prefeito Tadeu Palácio, começa a incomodar seus adversários, inclusive dentro da própria administração municipal.

Canindé incomoda II

Nas últimas semanas, os veículos de comunicação do Sistema Mirante passaram a criticar duramente o trânsito da capital, de responsabilidade da Semtur.

Agora, foi a vez dos deputados ligados ao grupo Sarney e até alguns da ala governista atacar o trânsito. O empresário Fernando Sarney aposta as fichas na indicação de um amigo seu de dentro do grupo de Tadeu Palácio e a tem uma banda jackista que aposta na escolha de Zé Reinaldo Tavares. Pronto. Tá tudo dominado!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.