Em uma ação integrada das polícias Civil e Militar do Maranhão duas mulheres foram presas preventivamente na cidade de Tutóia nesta quinta-feira (31). Trata-se de mãe e filha, ambas consideradas foragidas pela Justiça do Piauí.

Foto Reprodução

Segundo o delegado Cristiano Morita Nocko, a dupla comanda uma organização criminosa conhecida como “comando vermelho” com forte atuação na cidade piauiense de Paranaíba. Elas são acusadas da prática do crime de porte ilegal de arama de fogo, tráfico e associação para o tráfico.

As mulheres foram presas e apresentadas na delegacia da cidade de Tutóia, onde atenderam aos procedimentos de praxe e, em seguida, recambiadas à Unidade Prisional da região ficando detidas à disposição do judiciário.

Na última quarta-feira (30), a operação policial também localizou e prendeu em flagrante o companheiro de uma das mulheres pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, também em Tutóia. Contra ele havia um mandado de prisão em aberto por porte ilegal de arma de fogo, tráfico e associação para o tráfico.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.