Ex-candidato a prefeito em Barra do Corda, o Júnior do Nenzim foi liberado hoje depois de passar dois anos na cadeia por suspeita de ter participado diretamente do assassinato do próprio pai.

Conhecido na cidade como “Vaqueirinho”, ele foi candidato a prefeito em 2016 e ficou em segundo lugar. A última vez que o pai, o ex-prefeito Nenzim foi visto em Barra do Corda foi na companhia do filho indo contar o gado, que o Júnior estava sendo acusado de vender cabeças para pagar dívidas.

Desembargadores das Câmaras Criminais Isoladas do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) mandaram soltar hoje, 7, segunda-feira, o filho, que deve ser levado a julgamento no próximo ano.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.