A polícia que investiga a morte do soldado da PM Wanderson Monteiro, 27 anos, já descobriu os dois principais suspeitos do assassinato e concluiu que Pedro Vinícius da Silva Fontes, 19 anos (foto abaixo) foi quem atirou contra a cabeça do militar, que estava fazendo um bico em uma loja de aparelhos de celulares em Imperatriz e morreu no local. 

Assassinado ontem, segunda-feira, às 14h, o soldado entrou para a PM em 2018 e era estudante de Direito. A esposa de Anderson (foto abaixo do casal) estava grávida de sete meses.

Hoje, a cidade de Bacabal parou para receber seu filho, o militar vítima de bandidagem em Imperatriz. Ele era lotado em Buriticupu, mas sempre que podia visitar sua terra natal. Confira no vídeo abaixo o momento da chegada do corpo:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.