O jornalista Romário da Silva Barros acabara de entrar no seu veículo quando um homem encapuzado saiu de dentro de um carro se aproximou, puxou porta e deu três tiros, sendo dois na cabeça e um no pescoço. Esse foi o segundo caso de morte por execução a jornalista em menos de um mês na agitada  cidade de Maricá, no Rio de Janeiro.

Profissional da imprensa, Romário tinha um site e fazia reportagens políticas. No período da noite de ontem, terça-feira, dia 18, ele estava na rua Álvares de Castro, no bairro Araçatiba quando foi morto à queima-roupa.

A polícia acredita que trata-se de crime de encomenda contra o dono do site Lei Seca Maricá. Confira abaixo as imagens do atirador executando o jornalista:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.