Policiais que entraram na cela onde um detento foi esquartejado por três membros de uma facção na penitenciária de Pinheiro, encontraram membros do corpo dentro de uma sacola, enquanto outras partes continuam desaparecidas. 

A Delegacia de Homicídio de Pinheiro preferiu não divulgar os nomes dos que teriam se envolvido no assassinato de Johnnattan Kennedy Silva Oliveira, 21 anos., que foi feito com objetos cortantes. O crime foi cometido na manhã de ontem, domingo, dia 05, antes das visitas.

A vítima teria matado um mês antes um membro da facção em São Luís. Para os policiais, a assassinato de Johnnattan teria sido vingança.

O esquartejamento lembrou os tempos dos crimes bárbaros que aconteceram no Sistema Penitenciário de Pedrinhas, com decapitações.

Urgente! Rebelião em presídio deixa detento morto e esquartejado no Maranhão

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.