O Maranhão regrediu aos tempos da barbárie, do tribunal popular fazendo a Justiça pelas próprias mãos. Foram três execuções ou linchamentos em menos de dez dias, sendo um, inclusive, com a vítima tomada das mãos da PM para ser esfaqueada e mostrada em público como as coisas funcionam no governo comunista no Maranhão. 

O governador pouco liga se quem morreu deveria ou não ser linchado até a morte. Tanto que nunca se pronunciou sobre os episódios. Aqui, na terra sem lei, até a pistolagem voltou a fazer império.

Em Santa Helena, André Felipe Sousa, pediu R$ 10 para um ancião. Com a recusa, matou o idoso. Como o sistema de Segurança Pública não funciona na cidade, assim como em várias outras, a população resolveu fazer justiça.

Felipe foi localizado e linchado. Depois do morto, arrastado pela ruas da cidade como um prêmio ou para mostrar quem manda e faz as leis. Veja no link abaixo as cenas fortes:

Veja no vídeo: populares lincham até a morte jovem na frente de policiais no Maranhão

As mortes não param em São João do Sóter: agora são seis; inclusive o assassino

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.