Empresário Marcos GagoEmpresário Marcos Gago

O empresário Marcos Aurélio Pereira Araújo (mais conhecido como “Marcos Gago”) foi assassinado a tiros nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (01), na cidade de Araripina, no estado de Pernambuco. O crime aconteceu por volta das 6h e foi cometido por um pistoleiro que andava em uma motocicleta. A vítima era pernambucana e residia em Teresina.

De acordo com o delegado Marconnes Ferreira, Marcos Gago estava hospedado em uma pousada da cidade e ao sair pela manhã foi surpreendido pelo acusado, que parou sua motocicleta em frente ao carro da vítima, disparou contra o empresário e fugiu sem levar nada.

“Esse tipo de crime [pistolagem] envolvendo indivíduos em motos se tornou bastante comum aqui na região. Hoje cedo recebi uma ligação da minha equipe comunicando deste assassinato. O pessoal [agentes de polícia] levantou que logo cedo quando ele foi sair do local onde estava hospedado foi alvejado pelo elemento, que fugiu logo após efetuar os disparos”, explica o delegado.

O chefe da delegacia de Araripina disse ainda que a polícia local já iniciou as investigações para identificar e prender o acusado de matar Marcos Gago.

O corpo do empresário será encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina, onde será examinado e liberado para a família.

Prisão e investigações
O nome de Marcos Gago ganhou destaque nas páginas policiais dos meios de comunicação do Piauí no ano de 2010. No mês de julho ele foi preso acusado de ameaçar de morte a ex-esposa e suas três filhas. Uma delas chegou a denunciar que o pai não estava pagando a pensão alimentícia e que a dívida do mesmo estava acumulada em mais de R$ 65 mil.

No mesmo ano, no mês de dezembro, o nome do empresário voltou às manchetes policiais após o assassinato do pistoleiro Péricles Moreira (vulgo ““Pelha””), executado com vários tiros na cabeça enquanto estacionava um caminhão para descarregar animais no Parque de Exposições de Teresina.

“Pelha” trabalhava como motorista de Marcos Aurélio Araújo e a polícia quis saber quais as relações entre os dois homens. Marcos Gago também teria sido investigado por suposta participação no assassinato de um ex-policial paraense encontrado morto na cidade de Timon (MA).

Com informações do Portal AZ

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.