Em uma operação da Polícia Federal, autorizada pela 15ª Vara Federal do Distrito Federal, foram presos na manhã de hoje (22), o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e o pastor Gilmar Santos, por crimes de corrupção e tráfico de influência.

Pastor Gilmar Santos

Gilmar foi pastor de uma congregação no Bairro de Fátima, em São Luís, e tinha acesso livre ao Palácio do Planalto
Ele intermediava liberação de recursos para igrejas e operava uma espécie de balcão de negócios no Ministério da Educação e na liberação de verbas do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Na ação,  batizada de Acesso Pago, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e cinco prisões preventivas nos estados de Goiás, São Paulo, Pará e Distrito Federal, além de medidas cautelares como a proibição do contato entre os investigados. Também é alvo da operação o pastor Arilton Moura, também ligado ao presidente Jair Bolsonaro.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.