Foto: Reprodução / PF

No Maranhão, foram cumpridos mandados na cidade de Imperatriz, assim como em Manaus, Limeira, Porto Velho, Cuiabá, Boa Vista, Palmas e na cidade de São Paulo, além de Brasília.

A Polícia Federal iniciou as investigações em 2020 que envolvem garimpeiros comuns, intermediários e grandes empresas que compram o ouro bruto e são destinados para exportação.

Foram apreendidos veículos de alto padrão, aeronaves e ouro extraído recentemente. 47 imóveis estão indisponíveis por determinação judicial e foram bloqueados em contas R$ 470  milhões.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.