A Polícia Civil do Maranhão prendeu preventivamente, nesta desta terça-feira (12), no bairro Lira, em São Luís, uma técnica de enfermagem que mantinha em casa uma clínica de aborto clandestino.

Foto Reprodução

Durante as investigações constatou-se que a investigada fez mais de trinta e nove abortos, no curto período de três meses.

Entre as vítimas estão uma adolescente e mulheres residentes em cidades do interior do Estado.

Durante interrogatório a investigada disse à polícia que já atuava na atividade ilegal há cerca de cinco anos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.