Uma ação conjunta entre a Polícia Civil do Maranhão e Polícia Civil do Pará resultou na prisão preventiva de um homem suspeito de ter praticado o crime de estupro contra uma jovem de 21 anos de idade, no dia 21 de maio deste ano, na zona rural de Tutóia.

20° Delegacia Regional de Barreirinhas

Segundo as informações obtidas no curso da investigação da 20° Delegacia Regional de Barreirinhas, o suspeito aproveitou-se da condição de pastor da igreja onde a vítima frequentava, no povoado Porto de Areia, e cometeu o abuso sexual mediante grave ameaça de morte.

Diante das provas produzidas no inquérito, foi pedida a prisão preventiva do investigado, cujo mandado foi expedido pela Comarca de Tutóia. O investigado foi localizado e preso na capital paraense, Belém, após diligências e atos de investigação realizados pela Polícia Civil do Maranhão, com o apoio da 11ª Seccional Urbana do Guamá.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

"Dia Internacional dos Povos Indígenas. Nossas homenagens aos povos indígenas, que lutam e resistem em defesa ...
Leia Mais
Na manhã desta quarta-feira (10), a Polícia Federal de Imperatriz, no Maranhão, deflagrou a operação “Bit ...
Leia Mais
O juiz titular da 1ª Vara de Execuções Penais da Comarca da Ilha de São Luís, ...
Leia Mais
Autor da emenda parlamentar que assegurou recursos financeiros para bancar a implantação de pavimentação em bloquetes, ...
Leia Mais
Um dia histórico para as mulheres tuntuenses. Nesta última segunda-feira (08), foi realizada a assinatura do ...
Leia Mais
Atendendo solicitação do Ministério Público do Maranhão, feita em Ação Civil Pública, a Justiça condenou o ...
Leia Mais

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.