O senador Renan Calheiros entregou na tarde de hoje (28) o cargo de líder do PMDB. Calheiros faz oposição desde o início do ano ao governo Temer, principalmente com relação as reformas trabalhistas.

Ontem o senador exigiu a troca de integrantes da Comissão de Constituição de Justiça para que houvesse mais imparcialidade na aprovação das reformas, já que esta é a maior propaganda que o governo Michel Temer tem usado.

Renan ficou sabendo que Romero Jucá estava se articulando com o presidente Temer para destituí-lo do cargo, contudo, ele preferiu antecipar-se e entregou a liderança do PMDB. O senador se pronunciará as  16 horas

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.