Desde o ano passado, venho denunciando na Câmara dos Deputados, em Brasília, os sucessivos aumentos do preço dos combustíveis.

Esta política abusiva tem como pano de fundo os interesses internacionais. O governo não mexe na política de preços na tentativa de convencer a população, com argumentos falsos, que a privatização da Petrobrás é o melhor caminho, jogando todo o ônus no bolso do trabalhador.

Continuarei a defender o interesse dos brasileiros em manter uma gestão justa e transparente da produção nacional de combustíveis, que propicie o acesso, a um preço justo, aos bens necessários para o dia a dia.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.