A diretora-adjunta de Comunicação da Assembleia Legislativa, Sílvia Tereza, recebeu, em nome de toda a equipe, na noite desta sexta-feira (26), no Teatro da Cidade (antigo Cine Roxy), o Prêmio REMADD 2017, dado à TV Assembleia em homenagem à cobertura jornalística pelo apoio aos trabalhos desenvolvidos, em 2017, pela Rede Maranhense de Diálogos sobre Drogas (REMADD). Pelo segundo ano consecutivo, a emissora é agraciada com a premiação.

O Prêmio REMADD é uma justa forma de homenagear pessoas e instituições que atuam na política sobre drogas no Estado do Maranhão. A REMADD foi criada em 2015 pelo militante social Erisson Sousa e vem crescendo. Adota como princípio a defesa dos interesses das personalidades e instituições que atuam conforme a Lei nº 11.343/06, a Lei de Drogas, que possui eixos temáticos de atuação onde os pilares iniciais são a prevenção para o não abuso, o tratamento de dependentes químicos e o combate ao narcotráfico.

Ao todo, foram homenageadas 138 personalidades e instituições de vários municípios e regiões do Estado. O Prêmio REMADD contempla as categorias de ações denominadas de Prevenção, Cuidado e Acolhimento, Redução de Danos Sociais e à Saúde, reinserção Social, Comunicação, Pesquisas e Avaliações, Literatura, Justiça e Segurança, Políticas Públicas e Grupo de Mútua Ajuda.

A TV Assembleia, que hoje completa sete anos, produziu várias matérias sobre a importância do combate ao consumo de entorpecentes e sobre os trabalhados que estão sendo desenvolvidos para o tratamento de dependentes, bem como a prevenção ao uso de drogas.

PRÊMIO COROA ANIVERSÁRIO DE SETE ANOS DA TV ASSEMBLEIA

Na oportunidade, a diretora-adjunta de Comunicação da Assembleia disse que o prêmio é merecido por todo o esforço e dedicação de todos os funcionários da TV Assembleia, desde o motorista, que leva a equipe para as externas, passando pelo repórter, cinegrafista, coordenadores, produtores, editores, etc, toda a equipe, até chegar à direção. “Esta homenagem coroa o aniversário de sete anos da TV Assembleia, que é comemorado neste sábado (27). Parabéns a todos que fazem a TV Assembleia!”, assinalou.

Silvia Tereza também parabenizou a REMADD pela iniciativa de criar esse prêmio e pelo trabalho que desenvolve no Estado do Maranhão em defesa de Políticas Sobre Drogas. “É louvável o trabalho do REMADD porque, sobretudo, mostra que a sociedade civil em parceria com os governos pode realizar muito em termos de Políticas Sobre Drogas”, acentuou.

O fotógrafo José Ribamar Ribeiro Celedônio, da Diretoria de Comunicação da Assembleia, também foi homenageado em razão do programa “Testemunho Com Propósito” que faz todos os domingos, às 6h da manhã, na rádio FM 92.3, no qual aborda a questão das Políticas Sobre Drogas. “Sou apenas um servo do Senhor. O prêmio é do Pai que me dar inspiração para levar sua palavra de libertação através das ondas do rádio. Agradeço ao Senhor por mais essa obra”, declarou.

AGRADECIMENTO AO APOIO DO GOVERNO DO ESTADO

“Para nós é uma honra e uma responsabilidade muito grande reunirmos, nesta noite maravilhosa, personalidades e instituições de todas as regiões do nosso estado. Aqui, estamos todos unidos por uma causa: cuidar de pessoas. Cuidar do próximo é a nossa bandeira. Muitos anos esperamos para que o governo de hoje fizesse o que, hoje, está sendo feito no Estado do Maranhão. Em apenas um ano foram criados o Fórum Estadual de Política Sobre Drogas, o Comitê Estadual de Políticas Sobre Drogas e os Seminários Estaduais de Políticas Sobre Drogas. Essas estruturas estão fortalecendo as instituições da sociedade civil. Hoje o nosso Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) não é o de outrora”, afirmou emocionado Erisson Sousa, presidente da REMADD.

O presidente do REMADD revelou que o Ministério Público fez um mutirão que resultou na visita a 71 municípios e na criação de 51 Conselhos Municipais de Políticas Sobre Drogas e a secretária de Estado da Educação implantou mais de 400 Conselhos Escolares de Políticas Sobre Drogas. “Essa é uma demonstração de que quando se quer, se faz muito em termos  de Políticas Sobre Drogas. A política sobre drogas não é uma política de saúde, mas sim de gestão”, argumentou.

Na oportunidade, o secretário de Estado Extraordinário de Articulação de Políticas Públicas (SEEP), Marcos Pacheco, representando o governador Flávio Dino (PC do B), assim se pronunciou: “O mais bonito de todo esse trabalho realizado pela REMADD é sua expressão ecumênica e a diversidade de atores envolvidos. Esse é o Maranhão que nós queremos. Um Maranhão que se articula, que se integra, ecumênico e, sobretudo, um Maranhão que pensa nas pessoas. E nosso governo está fazendo uma grande obra estruturante, que dar educação, cuidar das pessoas”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.