Os comunista precisam passar com urgência por exames de sanidade mental. É loucura demais ou desequilíbrio total o deputado federal comunista Márcio Jerry achar que o empurrão dado ontem no padre Marcelo Rossi, enquanto ele pregava em um templo, foi obra de Jair Bolsonaro.

Jerry, que ainda chamou o presidente da República de hipócrita, não gostou de Bolsonaro ter usado a rede social para prestar solidariedade ao padre Marcelo Rossi, vítima de um empurrão por uma louca. Confira abaixo a reação de Jerry, que parecia ter aspirado muito a erva-do-sonho:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.