Cratera

Na rua das Letras, no Cohafuma, um enorme buraco ameaça virar cratera. Reclamações foram feitas ao secretário Carlos Rogério e nada.

Revoltados, os moradores colocaram a seguinte placa: “Buraco do Tadeu”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Carlos Palácio

Carlos Alberto Palácio, secretário chefe de gabinete da Câmara Municipal contabiliza a cada dia mais apoios para a sua pré-candidatura à Prefeitura de Miranda do Norte.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Camaleão

Tem deputado estadual do DEM que só vive na sombra e água fresca do Governo do Estado. Conseguiu, nos últimos meses, emplacar oito cargos comissionados. Alguns de alto escalão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

São Luís recebe 43 milhões do Sus e saúde da capital ainda agoniza na UTI

Sistema Único de Saúde - SUS

O Maranhão recebe mensalmente R$ 163 milhões do Sistema Único de Saúde -SUS-, sendo que deste total São Luís abocanha a maior fatia, ficando com R$ 43 milhões. Ainda assim, o sistema de saúde da cidade permanece agonizando na UTI.

Basta caminhar nos corredores dos hospitais públicos municipais, tentar passar dois dias para conseguir um atendimento dois meses depois na Central de Consultas.

O Socorrão I e Socorrão II estão prestes a fechar as portas. O atendimento é péssimo e até mesmo os médicos não querem mais trabalhar nos dois hospitais. Além disso, nos dois estabelecimentos o amontoado de pessoas doente parece mais com um campo de concentração nazista.

Ontem, o médico e deputado da base do governo, Stênio Resende lamentou o estado de saúde da capital e reconheceu a inércia do prefeito Tadeu Palácio no setor, embora ele seja médico oftalmologista. “A saúde em São Luís não anda bem. Gostaria muito de dizer o contrário, mas não posso”, afirmou Resende, da tribuna da Assembléia Legislativa.

O parlamentar convidou os médicos da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa para reunir hoje e tratar sobre a questão. “Precisamos verificar in loco a situação dos hospitais do município”, defendeu Resende.

Até mesmo a deputada Graça Paz, do PDT, depois de tentar defender as ações da Secretaria de Saúde, reconheceu a precariedade do setor. “A saúde deixa muito a desejar”, resumiu a parlamentar.

De autoria do deputado Raimundo Cutrim, a Assembléia Legislativa aprovou requerimento para que seja formada uma comissão de deputados que possa discutir a situação de saúde da capital. Falta apenas acerta a data para que a comissão inicie visitas aos hospitais.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Saúde estadual quer recontratar empresa notificada pelo MP

Maternidade Marly Sarney

Depois de jantar com o empresário paranaense no Rio Poty Hotel, Dino Carmo, o secretário de Saúde do Estado, Edmundo Gomes decidiu agora recontratar a empresa CIAPS, sem licitação, para administrar novamente a Maternidade Marly Sarney, o Materno Infantil de Imperatriz e ofereceu mais quatro hospitais de referência estadual para que sejam geridos pela mesma empresa.

A CIAPS foi notificada recentemente pelo Ministério Público por executar serviços sem observar as exigências sanitárias.

Ontem, o líder da oposição na Assembléia Legislativa, deputado Ricardo Murad, denunciou o secretário Edmundo Gomes por querer renovar o contrato com a CIAPS sem licitação. “Há algo de estranho em tudo isso. Essa empresa deu prejuízos para os hospitais que administrou”, lembrou Murad.

O parlamentar anunciou que vai requerer ao Tribunal de Contas do Estado, a Procuradoria Geral de Justiça e ao Ministério Público Federal, que intercedam para evitar a renovação do contrato entre a Saúde e o CIAPS.

De acordo com a notificação da Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde, foi constatado na UI-Neonatal, as incubadoras danificadas fixadas com esparadrapos, déficit de equipamentos como berço aquecido, bombas de infusão e oxímetro de pulso.

Ficou constatado ainda na Maternidade Marly Sarney irregularidades como funcionamento de forma improvisada do centro obstétrico, déficit de equipamentos, além da necessidade de revestimento do piso.

Segundo o relatório, é inadequado o fluxo de material esterilizado, assim como a ausência de normas para o setor.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Agradecimento

Agradeço a manifestação de apoio e solidariedade do jornalista John Cutrim pelo fato do Jornal A Tarde virar alvo das raivosas imposições do secretário de Comunicação Social do Estado, Zeca Pinheiro, que pretende impedir que seja mostrado o retrato da capital depois das chuvas, diante da omissão do prefeito Tadeu Palácio. E jamais deixaremos de criticar a fragilidade do sistema de segurança. Nunca!  

Realmente é difícil fazer imprensa independente no Maranhão. Ainda mais agora que estamos, ao que nos parece, caminhando para a censura aqui na terrinha. O Jornal A Tarde não faz e nunca fará campanhas sistemáticas ou oposição a um governo que agora se iniciou. Daremos ao governador Jackson Lago o crédito de confiança que a população lhe depositou nas urnas.

Entretanto, não podemos nos omitir aos fatos que acontecem no sistema frágil de segurança do Estado. Nem iremos deixar de noticiar o estado de abandono a que relegaram, nos últimos meses, São Luís. Somos como madeira de lei, quebra mas não verga jamais.     

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sinuca de bico

Jackson Lago

O governador Jackson Lago ainda não encontrou motivos suficientes para tirar o ex-deputado federal João Castelo da corrida pela sucessão em São Luís. Tem com ele compromisso assumido para apoiá-lo na disputa. Toda a turma do PDT sabe disso, mas finge que não conhece o teor do acerto.

Porém, tem dois impecilhos pela frente: o prefeito Tadeu Palácio e os históricos do partido, exceção a Aziz Santos. Na verdade, apenas o primeiro (o atual prefeito) tem sido a pedreira nas pretensões do atual dirigente da Emap, João Castelo.

Aliás, convém sempre lembrar que históricos e Palácio não se bicam, desde a escolha dele para ser o vice na chapa de Jackson para prefeito da capital. Palácio assumiu as rédeas municipais, deu o seu tom, e hoje representa, mesmo quase no final de mandato, uma pedra no sapato de Jackson.

Quando precisou do Palácio dos Leões para colocar nas ruas sua campanha, ainda no primeiro turno, Jackson Lago não encontrou guarida financeira no governador José Reinaldo Tavares, que estava ocupado com duas candidaturas: Edson Vidigal e Aderson Lago. Palácio bancou tudo e, por isso, cobra a fatura. Ganhou do governador aquilo que lhe era natural, a coordenação da sua própria sucessão. Isto porque Jackson Lago ainda amarga péssimos índices de rejeição na capital. Do contrário, Palácio estaria com a bola murcha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Antecipação do 13°

Tadeu Palácio

O prefeito Tadeu Palácio anunciou para amanhã a liberação de 50% do décimo terceiro salário dos servidores municipais. Bingo, ganhou a eleição! Fez seu sucessor! Assim racionam os bajuladores do prefeito da capital.

É que Tadeu Palácio, que foi por três vezes vereador, sempre com votações decrescentes, acha que se ganha eleição com salários e asfalto. Continua imaginando que administra um interior qualquer e não uma capital com 1 milhão de habitantes.

A Prefeitura de São Luís abriga hoje cerca de 20 mil servidores municipais, entre ativos, inativos, do quadro permanente, comissionados e serviços prestados. Ora, antecipar 50% dos salários, em forma de 13°, vai ajudar essa turmar a embolsar a grana e ficar feliz. Pelo menos uns três dias. Depois vem o mês de junho, o mês do São João, o período da festa junuinamente maranhense. O servidor municipal deve brincar liso, sem dinheiro.

Conhecendo Tadeu Palácio, talvez não. É o ano da eleição, a data para fazer seu sucessor, a qualquer custo. Quem sabe Tadeu não invente o 14° salário! Sim, com a primeira parcela a ser paga em junho em homenagem a São Marçal e a segunda restante no dia 29 de junho para coroar São Pedro. Mas o leitor mais atento, notadamente se for ele servidor municipal, pode fazer a seguinte pergunta: e a outra metade do 13°? Respondo: no dia primeiro de outubro, saudando a primavera e bem próximo da eleição. O importante é fazer o sucessor.

Se para Tadeu o que vale é colocar dinheiro no bolso do servidor municipal, uma prova de que tem grana sobrando na burra da nossa avó prefeitura, então cadê o asfalto. Esse fica para julho. Pouco importa o sofrimento da cidade e de mais de 900 mil moradores de São Luís. Não custa nada esperar para achar São Luís Bela, aos olhos do prefeito, é claro!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tadeu vai recuperar São Luís somente no período eleitoral I

Tadeu palácio

O prefeito Tadeu Palácio, que usa como slogan da sua administração “São Luís Te Quero Bela”, vai deixar a cidade no castigo por mais dois meses até que cessem as chuvas para iniciar os trabalhos de recuperação da capital, que mais parece hoje uma tábua de pirulito.

Tadeu Palácio ordenou ao secretário de Obras, Carlos Rogério, que monte uma frente de trabalho composta de 35 equipes para iniciar a recuperação somente no período eleitoral, para eleger seu candidato.

Tadeu vai recuperar São Luís somente no período eleitoral II

A Prefeitura de São Luís vai receber R$ 80 milhões do PAC e mais R$ 60 milhões de empréstimo aprovado pela Câmara Municipal junto ao BNDES.

Além disso, tem guardado no cofre FR$ 7 milhões repassados pelo Estado, sem contar com as obras do PAC para urbanização de favelas, palafitas e abertura de novas avenidas, em convênios com o governo Jackson Lago.

Portanto, o prefeito Tadeu Palácio tem dinheiro de sobra. Só lhe falta bondade e vontade política para iniciar logo os serviços de recuperação da cidade.

Tadeu vai recuperar São Luís somente no período eleitoral III

São Luís hoje mais parece com Bagdá, a capital do Iraque, em destruição. Hoje a nossa cidade está arruinada, mas o prefeito que a quis bela não tá nem aí, por enquanto.

Tadeu Palácio, com as 35 equipes de trabalho, deve contratar cerca de 20 construtoras para realizar os serviços. Os construtores estão rindo com as paredes.

Tadeu vai recuperar São Luís somente no período eleitoral IV

Na capital do vizinho Estado do Piauí, em Teresina, o prefeito Sílvio Mendes acompanha de perto a situação dos bairros alagados, das ruas esburacadas, avenidas com trechos interrompidos, todas as vítimas das enchentes.

É um prefeito preocupado com sua cidade e sua gente. Recentemente chorou ao visitar um bairro. Mendes pediu ao Banco do Brasil R$ 38 milhões em caráter de urgência para recuperar Teresina dos estragos causados pelas fortes chuvas. Vai empregar o dinheiro a partir do dia 20 deste. Não vai esperar chegar bem perto da eleição para mostrar trabalho.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tadeu quer castigar A Tarde I

O Jornal A Tarde fez alguns editorais de capa reconhecendo a administração de Tadeu Palácio. Enaltecemos os avanços frutos do seu governo, principalmente na área da educação.

Entretanto, não se pode esconder o fato de que as chuvas estragaram ruas, avenidas e bairros inteiros e o prefeito simplesmente cruzou os braços. Não podemos e nem devemos omitir que Tadeu Palácio quer fazer as obras de recuperação somente quando se aproximar o período da eleição.

Tadeu quer castigar A Tarde II

O nosso jornal tem apenas mostrado o retrato de São Luís. Por isso, passou a fazer parte do elenco de inimigos do prefeito que não é, ao que parece, acostumado a conviver com a crítica construtiva. E determinou a pena.

Todos os veículos de comunicação, inclusive o Sistema Mirante de Comunicação, possuem contratos com o Governo do Estado para divulgação de institucionais. Todos receberam. Menos o A Tarde porque tem mostrado a situação de abandono de São Luís e a omissão de Tadeu Palácio.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Posição do A Tarde

Nada impedirá que o Jornal A Tarde continue mostrando o retrato de São Luís. Nada impedirá que nosso jornal tenha visão critica dos governos estadual e municipal.

Somos independentes. Temos compromisso apenas com o nosso leitor e com toda a população do Estado. Governos são efêmeros. O Jornal A Tarde é eterno.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tadeu ajuda Castelo

O prefeito Tadeu Palácio faz questão de deixar claro que o seu candidato será um dos membros da sua equipe. Com isso, descarta abertamente apoio ao nome do tucano João Castelo.

Na verdade, não é o que parece. Ninguém tem ajudado mais Castelo do que Tadeu. Explico: a indefinição na escolha do seu candidato, das alianças entre os partidos que irão apoiar o nome indicado por ele, deram e continuam dando espaços para João Castelo. Daí o resultado das pesquisas sempre favoráveis ao tucano. Claro que a indefinição ajuda.

Tadeu bem que ensaiou lançar o nome do seu preferido no final de dezembro, mas, segundo fui informado, teria sido aconselhado pelo governador Jackson Lago a recuar. “Atrapalha o governo municipal, que passará a ter dois administradores”, teria dito Jackson a Tadeu. Não foi assim quando o então prefeito Jackson Lago escolheu como candidato a deputada Conceição Andrade para disputar contra o ex-governador João Alberto. Conceição, confirmada um ano antes do pleito, acabou vencendo com folga.  

  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.