O que Roseana Sarney fez, o governador Flávio Dino faz

De nada adianta dizer ou tentar espalhar que um difere do outro. Eles são iguais. Flávio Dino, assim que se elegeu, chegou ao Palácio dos Leões cheio de ideais, de promessas de mudanças, de que espantaria o velho estilo de fazer política, inclusive aquele na base da toma lá, dá cá. Mas foi só sentar no velho trono, roubou todas as práticas nefastas da sua antecessora. O blog passa agora e enumerar algumas coincidências de ações.

Vamos começar do final até chegar ao início para ser mais curto. Com as proximidades da eleição, a liberação de dinheiro fundo a fundo, os convênios com prefeitos, por mais corruptos que sejam, antes demonizados pelo governador, agora executados na luz do dia.

As alianças políticas para garantir a reeleição não possuem crivos. Se a liderança estiver fedendo, basta tampar as narinas. Isto foi feito desde o início do governo comunista, trazendo para dentro do Palácio dos Leões lideranças ligadas aos Sarneys. São mais de 30 deputados estaduais e cerca de 12 federais, além de quase 200 prefeitos. Roseana fazia igual quando estava no comando do governo.

Para se reeleger, Roseana hipotecava o Palácio dos Leões. Flávio Dino já empenhou tudo. Pouco importava se os recursos eram da Saúde ou Educação, mas os remanejamentos sempre existiram e permanecem nos dias de hoje. No vale tudo, ética, decência e honestidade estão enterradas.

Anunciar a construção e inauguração de centenas de escolas, embora a maioria não tenha saído do papel, recuperação e aberturas de novas rodovias que não duram dois meses, doação de máquinas agrícolas que não atendem as necessidades de uma pequena vila, construção de hospitais sem medicamentos e manutenção básica, compras de viaturas policiais que nem chegam no interior, foram as marcas de Roseana copiadas por Dino.

Morar e gozar das mordomias do Palácio dos Leões, usar helicópteros e jatinhos, promover obras superfaturadas, contratar empresas suspeitas e inidôneas, colocar amigos e parentes nos cabides públicos, são a cara e alma de Flávio Dino e Roseana.

Roseana não tinha limites para gastar em propagandas e publicidades, aqui e lá fora. Pintava o Maranhão como o melhor estado para se viver. Chegou, inclusive, a ficar por semanas em primeiro lugar nas pesquisas para presidente da República. Dino quer trilhar o mesmo caminho gastando tubos com comunicação.

A ex-governadora empregava pastores em cargos de gordos salários. O atual governador criou a capelania para abrigar líderes religiosos com polpudos vencimentos na PM e Corpo de Bombeiros.

E assim eles governam o nosso Estado. Com os mesmos métodos, as mesmas práticas. Não existe, portanto, nenhuma diferença entre os dois. Aliás, foram criados nas tetas do poder público através do pai José Sarney e Sálvio Dino, dois amigos inseparáveis.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Paulo Marinho Júnior recebe a visita de Gardênia Gonçalves e Gardeninha Castelo em Caxias

Na última segunda-feira (25), o vice-prefeito de Caxias e pré-candidato a deputado federal, Paulo Marinho Júnior (PP), recebeu as visitas de duas figuras icônicas da política maranhense, a ex-prefeita de São Luís, Gardênia Gonçalves, e a ex-deputada estadual, Gardeninha Castelo, ambas filiadas ao PSDB.
Na oportunidade, elas estiveram em visita à Princesa do Sertão para organizar o aniversário de 100 anos da tia-avó Luiza. A relação da família Gonçalves com toda família Marinho é antiga e muito próxima.
Paulo Marinho Júnior e o secretário adjunto de Turismo, Fernando Santos, as recepcionram em uma visita ao Mirante da Balaiada, ponto turístico da cidade, onde conversaram, não somente sobre política, mas também sobre a conjuntura social da quarta maior cidade do estado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sindicato dos Jornalistas emite nota de pesar pela morte de Jânio Arley

NOTA DE PESAR

Com muita comoção registramos o desenlace do apresentador Jânio Arley Sousa Cavalcante, querido se notabilizou como repórter policial, à frente do programa Bandeira Dois, conquistando pelo seu estilo, significativa audiência e simpatia đa população.
Lamentamos a perda, reconhecendo a lacuna que por ele é deixada na crônica policial de São Luís, mesmo estando afastado, por motivos de saúde, das lides jornalísticas.
À família e amigos os nossos pêsames, rogando a Deus que conforte a todos, neste momento de dor e saudade.

A Diretoria

Morre Jânio Arley ex-apresentador do Bandeira 2

Pastor tentou matar Jânio Arlei, que também foi espancado por filho de prefeito; veja a trajetória do polêmico jornalista

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por 7 votos a 1, juiz Douglas de Melo é julgado suspeito nas ações que envolvem a WPR Portos e Terminais

O desembargador Luiz Gonzaga de Almeida Filho julgou procedente, no último dia 15, uma exceção de suspeição oposta por WPR São Luís Gestão de Portos e Terminais LTDA em face do juiz de Direito da Vara de Interesse Difusos e Coletivos do Termo Judiciário de São Luís, Douglas de Melo Martins.

No pedido apresentado pela WPR foram demonstradas informações que indicam que o magistrado Douglas de Melo mantêm relação de amizade com o defensor público Alberto Tavares e a esposa deste, Silvana Gonçalves, ambos atuantes nos interesses das partes adversas nos processos em que contendem com a WPR. O pedido de exceção seria para “determinar o afastamento do juiz Martins do processo de origem, devendo os autos serem remetidos ao seu substituto legal para que seja dado tratamento paritário às partes”.

Por sete votos contra um, e uma abstenção (desembargador Paulo César Velten Pereira), os desembargadores das Segundas Câmaras Cíveis Reunidas julgaram procedente a exceção nos termos do voto do desembargador relator Luiz Gonzaga Almeida Filho, votando pelo afastamento do juiz Douglas de Melo nos julgamentos das ações que envolvam a WPR. Votou contra, o desembargador Cleones Carvalho Cunha.

“Isso não implica colocar em xeque a retidão de caráter do Excepto (juiz Douglas), mas comprova uma considerável probabilidade de falência de sua isenção, gerando real desconfiança de que aquele imbróglio, fato concreto e objetivamente narrado na Exceção, impede um julgamento imparcial e independente da causa. Objetiva-se, aqui e por fim, resguardar a própria imagem do Judiciário, mantendo-se incólume a lisura de seus pronunciamentos”, relatou o desembargador Luiz Gonzaga Almeida Filho.

Desembargadores que votaram:

  • Luiz Gonzaga Almeida Filho
  • Jamil de Miranda Gedeon Neto
  •  Cleonice Silva Freire
  •  Cleones Carvalho Cunha
  •  Anildes Chaves Cruz
  •  Jaime Ferreira de Araújo
  •  Marcelino Chaves Everton
  •  José Jorge Figueiredo dos Anjos

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Júnior Verde conduz reuniões para debater a convalidação dos “sub judice” da Polícia Militar e a segurança no transporte coletivo

Sob a presidência do deputado Júnior Verde (PRB), as Comissões de Administração e de Segurança da Assembleia Legislativa realizaram audiência pública, na última terça-feira (26), no Plenarinho, para discutir a problemática da segurança no Transporte Coletivo Remunerado de Passageiros Semiurbano e Intermunicipal e a convalidação dos militares e bombeiros sub judicenomeados pelo Governo do Estado. O deputado Wellington do Curso (PSDB) participou do debate, que contou ainda com representantes de sindicatos e cooperativas da categoria.

Em relação aos militares sub judice do concurso da Polícia Militar de 2012 e 2017, nomeados em 2014, 2015, 2016 e 2017 (já em atividade, mas que ainda correm risco de perder os cargos em razão do processo na justiça ainda não ter transitado e julgado, ou seja, ainda caber recurso), ficou decidido que um documento será encaminhado ao governador do Estado, por intermédio do deputado Júnior Verde, relatando todas as situações.

O advogado dos militares sub judice, Edilson Máximo Araújo da Silva, disse que a situação desses militares só terá segurança jurídica quando a administração pública estadual convalidar os atos administrativos de nomeação de todos eles. “A questão não é a de que o Estado recorreu, mas da remessa necessária para a instância de segundo grau, o que pode implicar em nova apreciação da justiça e uma decisão desfavorável”, esclareceu.

O deputado Júnior Verde esclareceu que, em maio, apresentou a Indicação 366, com encaminhamento de ofício ao governador do Estado, ao secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, e ao comandante da Polícia Militar, coronel Jorge Luongo, solicitando a apreciação da Lei 9.784/99, que trata e permite a convalidação jurídica de todos os policiais militares e bombeiros nos anos de 2015/2016/2017, em torno de 2 mil nomeados do concurso da PMMA e CBMMA, de 2012.

O deputado Wellington do Curso disse que “a situação dos sub judice tem implicações na segurança pública da sociedade e no direito do agente de segurança pública ter segurança jurídica”.

Falta de segurança no transporte coletivo urbano e semiurbano

O presidente do Sindicato dos Usuários de Transporte Coletivo Urbano, Semiurbano, Rodoviário e Aéreo do Maranhão, Paulo Henrique Silva, destacou o empenho da Polícia Militar, mas lembrou que ainda falta segurança nos meios de transporte, principalmente na zona rural de São Luís. “O número de assaltos cresceu, não só com os motoristas e cobradores, mas também com os usuários que, além de serem assaltados, são agredidos. Uma situação que precisa ser imediatamente resolvida”, afirmou.

Gabriel Ferreira, presidente do Sindicato do Transporte Alternativo do Maranhão, chamou atenção para as regiões da Cidade Operária, Mercado Central, João de Deus e São José de Ribamar. “Quem roda por esses lugares, sofre assalto praticamente todos os dias. Os cobradores e motoristas já têm medo dos próprios passageiros. Os militares precisam atuar mais de perto e com mais agilidade, porque está complicado trabalhar”, contou.

Em seguida, o promotor de Justiça, José Cláudio Cabral, apresentou a contribuição do Ministério Público para mudar o cenário de insegurança e de violência nos transportes que circulam na capital e interior. “Estamos usando tecnologia para mapear a Grande Ilha de São Luís, como os locais, horários e dias da semana de maiores ocorrências. Esses números são repassados à Polícia Militar, que é quem fica responsável por elaborar estratégias de combate à criminalidade”, explicou.

Para Wellington do Curso (PSDB), a população precisa de mais ações enérgicas em relação à segurança. “Falar de transporte é falar de qualidade de vida. A quantidade de assaltos para quem utiliza os transportes na grande Ilha é uma preocupação de quem utiliza transporte sem segurança”, pontuou o parlamentar.

Depois de ouvir os relatos, Júnior Verde, presidente da Comissão de Administração, disse que ficou claro que a falta de segurança nos meios de transporte coletivo é uma reclamação constante. O parlamentar garantiu que o Governo do Estado “será provocado para fazer intervenções em diferentes pontos da capital, principalmente nos locais de maior vulnerabilidade, conforme relatos feitos na audiência”.

“Nós provocamos esse momento com seguimentos do transporte coletivo complementar, porque os usuários estão vulneráveis a assaltos, diariamente. Uma situação lamentável, que vamos levar à Secretaria de Segurança para que tome providências urgentes e a tranquilidade chegue a todos que utilizam os ônibus e vans”, acentuou Verde.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deputado Antônio Pereira destaca luta para implantar cursos de Medicina em Imperatriz

O deputado Antônio Pereira (DEM) ocupou a tribuna da Assembleia na terça-feira (26), para destacar sua luta para implantar cursos de Medicina em Imperatriz, e proporcionar aos estudantes filhos das famílias humildes da região Tocantina, a chance de fazer uma universidade pública, ter um curso superior e mudar a realidade dos familiares e da sociedade.

Em sem pronunciamento, o deputado Antônio Pereira ressaltou seu trabalho para conseguir os cursos, desde os primeiros dias dos seus quatro mandatos, e parabenizou o governador Flávio Dino, que durante visita à região Tocantina, anunciou a implantação do curso de Medicina da UEMASUL

em Imperatriz, a maior e mais importante cidade da região Sul do Maranhão.

Antônio Pereira disse que sua luta para garantir a instalação de um Curso de Medicina da UEMA na cidade de Imperatriz é antiga. O democrata lembrou que, em 2003, no início do seu primeiro mandato, encaminhou indicação, anexa a anteprojeto de lei, pedindo a instalação do curso, que já existia em Caxias, mas o então governador apresentou dificuldades.

PLEITO DA POPULAÇÃO

Em sua fala, Antônio Pereira afirmou que o Curso de Medicina é necessário para a população, que reclamava o benefício das autoridades competentes. “Eu mesmo me formei em medicina no ano de 1979, na cidade de Belém, no Pará, onde, há mais de 50 anos, já existiam dois cursos de Medicina: um na universidade estadual e outro na universidade federal”, disse.

O democrata lembrou que hoje a cidade de Imperatriz se transformou em um polo de ensino superior. “Conseguimos levar e implantar os cursos de Medicina da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e da Universidade CEUMA. Finalmente, o Estado já começa a se movimentar para implantar o Curso de Medicina, da Universidade do Sul do Maranhão”, assinalou.

Para Antônio Pereira, Medicina ainda é o curso mais almejado pelos nossos estudantes, pois traz perspectivas de futuro promissor para eles, suas famílias e para a sociedade. “É o curso mais procurado, talvez o mais sonhado e desejado. Quando você implanta cursos de Medicina, como em Imperatriz, fortalece o polo universitário como um todo”, concluiu.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Júnior Verde busca mais transparência e celeridade no processo de escolha dos Conselheiros Tutelares do Maranhão

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) conduziu reunião na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRE) para tratar sobre o processo unificado de escolha para Conselheiro Tutelar no Maranhão por meio de urnas eletrônicas, com o objetivo de dar maior confiabilidade e segurança no pleito.

Participaram do encontro o presidente do TRE-MA, desembargador Ricardo Duailibe, e representantes do Ministério Público; da Associação de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Estado do Maranhão (ACECTMA); do Conselho Estadual de Defesa da Criança e do Adolescente (CEDCA); da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP); e do Fórum do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente de São José de Ribamar.

“A iniciativa é importante para o processo de transparência e segurança, dando celeridade à escolha dos conselheiros tutelares no Maranhão, que visam a defesa dos direitos das nossas crianças e adolescentes”, defendeu Júnior Verde, que foi autor da Indicação que solicita a mudança.

O presidente do TRE-MA sinalizou com a possibilidade da realização desse processo de escolha. “Faremos estudos e levantamentos de dados dos municípios que ofereçam condições reais para que se faça a eleição”, explicou.

Os órgãos que participaram da reunião por meio de seus representantes se comprometeram a articular uma consulta aos municípios que desejam o processo eletrônico. “Espero que a próxima eleição dos conselheiros já seja feita nas urnas eletrônicas”, acrescentou o parlamentar.

Na ocasião, foi firmada também uma parceria que garantirá a participação do TRE-MA na abertura do XV Encontro de Formação de Conselheiros (as) e Ex-Conselheiros (as) Tutelares da Região do Munim, que acontecerá no dias 18 a 20 de julho, com o tema “PROCESSO UNIFICADO DE ESCOLHA PARA CONSELHEIRO TUTELAR”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Pastor tentou matar Jânio Arlei, que também foi espancado por filho de prefeito; veja a trajetória do polêmico jornalista

Jânio Arlei começou no jornalismo por Imperatriz e teve passagens por diversas emissoras de cidades e jornais do interior, mas sempre polêmico. Foi uma das maiores audiências na televisão maranhense com o programa Bandeira 2, da TV Difusora. Sofreu atentados, agressões físicas, tentativa de morte por um pastor e seus capangas da Universal do Reino de Deus, e passou a andar armado. 

Hoje, dia 27, o polêmico comunicador morreu em São Luis. Em 2012, concedeu uma entrevista ao jornalista Robert Lobato, em que fala da sua trajetória e as razões que o levaram a largar programas na TV. Confira abaixo:

Entrevista concedida ao Blog do Robert Lobato
Quem não lembra do programa Bandeira 2, um dois maiores sucessos da TV maranhense apresentado nas primeiras horas da manhã por um sujeito franzino, feio, debochado, mas muito competente na telinha?
Pois bem. Jânio Arlei está de volta! O radialista concedeu entrevista exclusiva ao blog onde fala da experiência que foi fazer o Bandeira 2, sua experiência de 20 anos de televisão, casos polêmicos, vida, religião e muito mais.
O radialista inciou sua carreira na Rádio Imperatriz, em 1980, onde foi repórter, redator, editor etc. Trabalhou também na TV Imperatriz, Mirante, TV Ouro Verde (Band/Paragominas/Pa), jornal O Progresso, entre muitos outros veículos de comunicação. Sua última passagem profissional foi pela televisão foi na Guará, afiliada da Record News, em São Luís.
Você por um bom tempo o nome mais conhecido da televisão maranhense. Fale um pouco dessa experiência?
Bom, foi gratificante, mas, me vejo sempre com “um operário da notícia”. Ser conhecido tem seu lado bom e ruim. No meu caso, gosto mais quando passo desapercebido. Fico mais a vontade. O lado ruim fica por conta dos momentos em que você quer ficar sozinho, tem algum problema e a pessoa que te assiste não entende. Como você entra na casa dela todos dias, ela te considera da família e acha que você tem a obrigação de estar sempre solícito ao encontrá-la. A coisa não é por aí. Com todo o conhecimento que você tem, você continua sendo um ser humano como outro qualquer, às vazes até com mais problemas. Por isso que de vez em quando, um famoso “surta’ por aí. É que foi abordado num momento de crise. No meu caso, para evitar esses problemas, eu me isolo nesse momento de crise.
O sucesso mexeu com a sua cabeça?
Não. Fama, sucesso tudo isso é efêmero e não completa o ser humano. Sou um sujeito tímido e humilde. Vejo tanta gente em redações e corredores de revistas, jornais, rádio e TV em busca incessante pela fama e sucesso, às vezes passando sobre as pessoas. Isso é triste. Não tem ética e princípios. Nunca usei desses artifícios, porque me considero abençoado por Deus, com o “dom da fala ou da oratória”. Humildade, até no “pedir ajuda a alguém” é o segredo para vencer na vida. Essa humildade, deve vir sempre acompanhada de seriedade, honestidade, lealdade e respeito aos valores e princípios, enfim, a tudo e todos, afinal, “somos todos iguais”.
Qual o episódio que gerou mais polêmica no Bandeira 2?
(Risos) Quando o pastor Luis Cláudio da Igreja Universal foi a TV Difusora, me ameaçou e… menos de 24h depois estava pedindo desculpas. Não sabia ele, que tive formação cristã evangélica e, como se diz lá na Igreja, “eu conheço a Verdade”. Retirei a queixa contra ele, atendendo “a pedido de pessoas que considero amigas”. Nada teria acontecido, se o Pastor Luís Cláudio não tivesse ido à Difusora, em companhia de quatro elementos encapuzados, me ameaçar. Aliás, percebí que a intenção dele era apenas me intimidar porque falou demais, tentando explicar a atitude de alguns membros da Igreja. Na região onde fui criado (Imperatriz), ninguém para pra conversar. Resolve-se logo o caso e vai embora. Foi o caso mais relevante que aconteceu comigo, embora, eu tenha sido vítima de agressão (em São Bento por um segurança do filho de Isaque Dias), e fui alvo de muitos processos por injúria, difamação e calúnia, que considero “ossos do ofício”.Foi o caso mais relevante que aconteceu comigo, embora, eu tenha sido vítima de agressão (em São Bento por um segurança do filho do ex-prefeito Isaque Dias), além de alvo de muitos processos por injúria, difamação e calúnia, que considero “ossos do ofício”.
Você chegou andar com seguranças ou armado nos tempos do Bandeira 2?
Com seguranças não, mas armado sim, quando surgiam boatos de ameaças contra a minha vida. Além disso, estava sempre mudando meu itinerário (risos). Afinal, “gato escaldado tem medo de água fria”. Hoje meu segurança é Cristo e minha arma uma Bíblia. Sinto-me muito mais seguro
Por que você deixou o Bandeira 2?
Montei uma pequena empresa e partir para a carreira solo. Isto é normal nas redes de televisão. Exemplificando: é como ser ator, atriz ou jogador de futebol. Ontem na Mirante, Difusora, Guará, amanhã noutra emissora e hoje de volta a antiga casa. Costumo dizer, que nesses casos é importante sair e deixar sempre a porta aberta ao mudar de endereço profissional. Pessoalmente, visito e converso com colegas de trabalho, diretores e proprietários de todas as empresas onde trabalhei. Me relaciono muitíssimo bem e tenho carinho e apreço por cada um deles.
Você ainda pensa fazer Televisão?
Sim, mas não como setorista da área policial. Prefiro ancorar abordando temas variados, afinal foram mais de dez anos como redator, coordenador e editor geral de jornais em rádio e televisão, com os melhores do mercado no Maranhão. Eu começei como setorista do esporte. Fazer matérias policiais foi apenas uma casualidade. Se fosse pra escolher faria matérias na zona rural porque lá você trabalha apenas com pesquisas que envolvem o agronegócio.
Você agora tem um blog. Você vai investir profissionalmente na blogosfera?
Este é o meu projeto para o futuro, que já sendo colocado em prática. Na plataforma virtual, trabalho por enquanto com textos e fotos (uma volta aos tempos do jornal). Já estamos nos preparando (temos equipamentos com tecnologia de ponta), para investir em áudio e vídeo (retorno ao rádio e TV), que também fazemos com maestria. A net é o futuro,  já estamos navegando por ela com acessos dos EUA, Israel, Reino Unido, Rússia, Martinica, Japão e etc. É só acessar http://www.janioarlei.com/. Neste projeto, trabalhamos com informação e análise, porque entendemos que nossa função maior é a formação de opinião com seriedade e responsabilidade.
Humildade, até no pedir ajuda a alguém é o segredo para vencer na vida. Essa humildade, deve vir sempre acompanhada de seriedade, honestidade, lealdade e respeito aos valores e princípios, enfim, a tudo e todos, afinal, “somos todos iguais” (Jânio Arlei).

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Daniella Tema é recebida com festa na Aurora e batiza o boi Brilho das Estrelas

Recebida com entusiasmo pela comunidade do bairro da Aurora, na noite desta terça-feira (25), em São Luis, a pré-candidata a deputada estadual Daniella Tema (DEM), virou o centro das atenções, parando a todo instante para um self  ou para um abraço com os moradores. Ela esteve no arraial do bairro, coordenado pela ex-candidata a vereadora Enfermeira Goreth, que lhe dá apoio na campanha e foi convidada para batizar o grupo de bumba boi Brilho das Estrelas, do bairro Santa Ifigênia.

“Estou apoiando Daniella Tema porque, além de ser uma mulher, vejo em suas propostas algo de positivo. Ela tem uma bandeira de lutas semelhante à minha, que estabelece a valorização da mulher, a renovação na política e compromisso com a área da saúde”, afirmou Goreth, que obteve algo em torno de 3 mil votos em São Luís, na disputa para uma cadeira na Câmara, no pleito de 2016.

Dirigente do boi Brilho das Estrelas, o músico e arranjador Luis Wagner afirmou que estava se incorporando na campanha de Daniella Tema pelo fato de ter familiares na cidade de Tuntum e por ser um admirador do esposo da pré-candidata, o prefeito Tema. “Tenho plena certeza de que será uma excelente deputada, até porque é esposa do Tema, grande líder da região e prefeito de sua cidade pela quinta vez”, asseverou o músico.

Após a cerimônia do batismo do grupo de bumba-boi, Daniella Tema, a pedido dos brincantes, se misturou à roda, fazendo a alegria dos componentes do grupo folclórico. Ao final, agradeceu ao convite, afirmando ter sido essa uma das noites mais emocionantes de sai vida.

“Sou admiradora e incentivadora da cultura popular do meu Estado e viajei 360 quilômetros hoje, para está aqui, a convite dessa grande mulher que é a Enfermeira Goreth. Tenho projetos para a Assembleia Legislativa e a comunidade da Aurora faz parte desse projeto. Vocês terão uma representante naquele parlamento, que irá ajudar a Goreth a chegar à Câmara Municipal”, disse Daniella Tema.

A pré-candidata assinalou ainda estar emocionada pelo carinho com que foi tratada pelo povo da Aurora. “Quero retornar aqui posteriormente para uma conversa olhos nos olhos com essa comunidade hospitaleira, auscultar seus problemas, para que possamos buscar alternativas. Saio daqui esta noite alegre e emocionada pelo carinho com que fui tratada”, finalizou Daniella Tema.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Morre Jânio Arley ex-apresentador do Bandeira 2

O apresentador Jânio Arley acaba de falecer nesta quarta-feira após ter tido duas paradas cardíacas. O jornalista ainda chegou a ser socorrido em um Pronto Socorro no Cohatrac.

Ele ganhou grande destaque no Maranhão como apresentador do programa Bandeira 2 na TV Difusora. O blog se solidariza com os familiares e milhares de telespectadores de Jânio Arley neste momento de dor.

Em breve mais informações…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Página 21 de 2.633« Primeira...10...1920212223...304050...Última »