São duas as versões que serão apuradas para a morte do advogado Raimundo Meireles, que foi a óbito quando pilotava uma moto aquática na cidade de Barreirinhas, no rio Preguiças, na tarde de ontem, domingo (27).

Alguns amigos informaram que ele estava pilotando o jet sky quando enfartou e bateu nas raízes em um dos braços do Rio Preguiças. A outra versão é a de que ele teria se desequilibrado no braço do rio e bateu em raízes, caindo da moto aquática e se afogou.

As investigações para saber o real motivo da morte começaram desde hoje, segunda-feira (28). A OAB emitiu nota lamentando o episódio ao mesmo tempo em que prestou solidariedade aos familiares e amigos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.