Por complicações da covid-19, morre o ex-prefeito de Belágua, Adalberto Rodrigues

    Aos 60 anos, morreu ontem, sexta-feira (12), o ex-prefeito de Belágua, Adalberto do Nascimento Rodrigues. Segundo informações naquela cidade, o ex-gestor faleceu por complicações do novo coronavírus, mas os familiares desmentem. Entretanto, ele testou positivo. 
    Popularmente conhecido como Sargento Adalberto, por ser militar da PM, ele foi prefeito por dois mandatos, 2009 a 2016. Em solidariedade, Prefeitura de Belágua emitiu nota de pesar; confira abaixo:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    NOTA DE PESAR: José Maria Cabral Marques, ex-reitor da UFMA

    Portal UFMA

    É com profundo pesar que a Universidade Federal do Maranhão comunica o falecimento do ex-reitor José Maria Cabral Marques, ocorrido nessa quarta-feira, 27, aos 91 anos.

    Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de São Luís e em Serviço Social pela Escola de Serviço Social da antiga Universidade do Maranhão, Cabral Marques, como era conhecido, foi reitor da UFMA no período de 1979 a 1988. Ele fez seu fez mestrado em Ciência Política, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, da Universidade Técnica de Lisboa, e doutorado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Recife – UFPE.

    Cabral ocupava a cadeira de número 38 da Academia Maranhense de Letras, exerceu ainda cargos públicos de Secretário de Estado da Administração; da Fazenda (interino); da Educação e Cultura; do Trabalho e Ação Social. Trabalhou ainda no Estado do Amazonas como Secretário da Educação e Cultura; Presidente da Fundação Educacional do Amazonas; Presidente da Fundação Cultural do Amazonas; Presidente da Fundação Televisão Educativa do Amazonas.

    No setor privado, ele foi Diretor-geral do Departamento Regional do Sesc e do Senac, no Maranhão; diretor-geral da Associação Brasileira de Teleducação – ABT, Rio de Janeiro.

    Além de professor universitário, Cabral, sempre muito atuante, também foi Diretor interino da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, reitor da Universidade do Maranhão (católica); Vice-reitor da Universidade do Maranhão (católica); reitor da Universidade Federal do Maranhão – UFMA; vice-diretor-geral, cumulativo com o exercício do cargo de diretor-geral das Faculdades Integradas – Ceuma; primeiro reitor do Centro de Ensino Universitário do Maranhão – Uniceuma (2000); e diretor-geral da Faculdade do Vale do Itapecuru – FAI, Caxias-MA.

    Atuou ainda como Presidente (interino), vice-presidente e membro do Diretório Executivo do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras – CRUB, Brasília.

    Já no exterior, ele foi 1º vice-presidente da Associação das Universidades de Língua Portuguesa – AULP, Lisboa; membro do Conselho Consultivo e presidente interino para o Brasil da Organização Universitária Interamericana – OUI, Québec; presidente, interino, do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Reitores de Universidade – IAUP, Guadalajara, México; vice-presidente para o Brasil e membro do Conselho Assessor da Presidência do Conselho Interamericano para o Desenvolvimento Econômico e Social – CUIDES, Little Rock, Estados Unidos; e 1º vice-presidente da AULP, Lisboa.

    O ex-reitor Cabral Marques recebeu, ainda, diversas medalhas e títulos honoríficos tanto no Brasil quanto no Exterior, em países como Estados Unidos, França, Portugal, Alemanha e México.

    A Universidade se solidariza com familiares e amigos e presta seus votos de profundo pesar.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Mais um médico morre em São Luís por covid-19 e a AMP emite nota de pesar

    Atualmente são mais de 250 profissionais de saúde no Maranhão infectados por novo coronavírus. Mais um médico veio a óbito hoje por causa da doença. Trata-se do renovado e estimado médico psiquiátrico Fernando Freire, que atuava no Hospital UDI. Confira abaixo a nota de pesar da Associação Maranhense de Psiquiatria: 

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Sindicato dos Jornalistas emite nota de pesar

    É com muita tristeza que registramos o falecimento do nosso diretor, jornalista Alfredo João de Menezes Filho (ALFREDO MENEZES), na manhã desta segunda-feira, dia 27/04.

    Foi um profissional com efetiva atuação na imprensa maranhense, tendo trabalhado em várias emissoras de rádio, notabilizando-se como ferrenho defensor do esporte amador, e por 37 anos dedicou-se a este trabalho no jornal O Estado do Maranhão, de onde saiu por aposentadoria.

    Sindicalista comprometido, sempre presente nas reuniões e decisões em prol da categoria.

    Alfredo deixa uma grande lacuna na imprensa do Maranhão e profundo pesar na categoria dos jornalistas e familiares, a quem enviamos nossas condolências com os desejos que Deus conforte a todos neste momento de dor e saudade.
    A DIRETORIA

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Prefeito Edivaldo lamenta falecimento do jornalista Roberto Fernandes

    O prefeito Edivaldo Holanda Junior manifesta profundo pesar e solidariedade pelo falecimento do jornalista Roberto Fernandes, nesta terça-feira (21), aos 61 anos.

    Em toda a sua trajetória profissional, no rádio e na televisão, Roberto Fernandes teve sua atuação marcada pela ética no exercício do jornalismo, levando à sociedade informação de qualidade.

    Pernambucano, Roberto Fernandes iniciou sua trajetória no rádio ainda antes de abraçar São Luís como sua cidade, no fim da década de 1970. Aqui, atuou nos principais veículos de comunicação da capital, tornando-se uma referência na área.

    Entre os veículos que trabalhou, a Rádio Educadora AM, TV Brasil, Rádio São Luís e nos últimos 20 anos esteve à frente do programa Ponto Final, da Rádio Mirante AM, além de ter atuado ainda como comentarista esportivo e comentarista político na TV Mirante.

    Roberto Fernandes também foi um grande entusiasta e defensor do esporte local, chegando a presidir um dos times mais tradicionais do Maranhão, o Moto Club.

    Que Deus conforte os familiares, amigos e admiradores neste momento de dor e saudade, transformando-as em fé e esperança.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Assembleia Legislativa emite nota de pesar pela morte do jornalista Roberto Fernandes

    Com imenso pesar, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão lamenta o falecimento do jornalista Roberto Fernandes, aos 61 anos, ocorrido nesta terça-feira (21), deixando uma grande lacuna na imprensa e no esporte maranhense.

    Natural de Vitória de Santo Antão (PE), Roberto era formado em jornalismo pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Exerceu como muita competência seu ofício, com passagens pela Rádio São Luís AM, TV Brasil e Rádio Educadora AM. Foi, ainda, presidente do time de futebol maranhense Moto Club.

    Há 20 anos, comandava o programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, além de ser apresentador do quadro de política do Bom Dia Mirante.

    Neste momento de tristeza, a Assembleia Legislativa solidariza-se com familiares, amigos e colegas de trabalho de Roberto Fernandes, rogando a Deus o consolo para superar a dor desta grande perda.

    Deputado Othelino Neto
    Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.