Equipes da Polícia Rodoviária Federal apreenderam cargas de madeira nativa serrada transportadas ilegalmente no km 413 da BR-230, em Balsas, na sexta-feira (20) e no domingo (22). Os caminhões abordados transportavam, respectivamente, 32,29m³, 31,98 m³, e 78,94m³ de madeira.

Madeira apreendida pela PRF

Na primeira apreensão, o condutor possuía os documentos necessários para o transporte da carga e a quantidade condizia com o declarado, entretanto, analisando a carga efetivamente transportada, foi observada significativa discrepância abrangendo a maior parte da madeira.

Os policiais também constataram que a empresa emissora da nota fiscal já teve 11 passagens pela PRF por transporte ilegal de madeira nativa.

Foi constatada, a princípio, ocorrência de transportar, adquirir, vender, madeira, lenha, carvão sem licença válida. O caminhão e a carga de madeira permaneceram retidos na Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Balsas à disposição do órgão ambiental competente.

O condutor envolvido assinou termo circunstanciado de ocorrência e foi liberado em seguida sob a condição de comparecer em juízo quando convocado.

Pouco tempo depois, outro caso parecido foi flagrado, também com divergências significativas entre a documentação e o produto florestal embarcado.

As Guias Florestais emitidas pela SEMAS/PA foram consideradas inválidas e o envolvido assinou termo e se comprometeu a comparecer em audiência.

A empresa emissora da nota fiscal foi qualificada como autora de vender madeira, lenha, carvão sem licença válida, assim como a empresa destinatária.

O caminhão e a carga ficaram apreendidos provisoriamente junto à PRF de Balsas/MA, à disposição do órgão ambiental competente.

Já na última sexta-feira (20), a PRF apreendeu mais 78,94m³ de madeira transportada ilegalmente em circunstâncias parecidas nos municípios de Estreito e São Domingos do Azeitão. No total, foram 143,21m³ de madeira ilegal retirada de circulação e que hoje está à disposição dos órgãos ambientais competentes.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.